Cidadão morre na praça e a suspeita é de que tenha sido por excesso de cachaça - Colatina News

Recentes

google.com, pub-2151647549971277, DIRECT, f08c47fec0942fa0

15/07/2019

Cidadão morre na praça e a suspeita é de que tenha sido por excesso de cachaça

Pessoas observam o trabalho da polícia

Dois homens passaram mal e um morreu depois de ingerirem bebida alcoólica numa praça no Bairro Barbados, em Colatina, no Noroeste do Espírito Santo. O fato aconteceu na tarde de sábado, 13, e quando a polícia chegou ao local, José Carlos Fontes, 44 anos, estava morto e Alcides Souza foi socorrido ao hospital.

A princípio havia suspeita de que os dois tinham sido vítimas de envenenamento, juntamente com outras pessoas que estavam na praça, mas segundo informações, tanto José Carlos, como Alcides Souza eram pessoas com sérios problemas de saúde, sendo que Alcides havia tido alta médica na quinta-feira, 11.

Segundo a polícia, José Carlos tinha tuberculose em estado avançado e tinha crises rotineiras. Seu corpo foi encaminhado ao SML (Serviço Médico Legal), onde a perícia apurará se realmente houve envenenamento, possibilidade remota, pois as demais pessoas que ingeriram a bebida nada sofreram.

No local onde ocorreu a morte várias pessoas se reúnem sempre para tomar cachaça. Em razão disso, a maioria adormece no local totalmente embriagada, fato que levou a suspeitar que todos que estavam ali, inclusive um cachorro dorminhoco, estivessem envenenados. O caso será investigado pela DHPP de Colatina.









8 comentários:

Marcelo Dudu disse...

Esses pinguço deviam morrer tudo

Vanoel Braga Nunes disse...

Tenho uns amigos aqui em Barbados que adoram uma birinaite. Eles que se cuidem

Nem Barbosa disse...

Aqui em BSF tem uma galera que deve passar longe aí de Colatina kkkkkkk

Joaquim Bola Sete disse...

Nessa época do ano ou o cara morre de frio ou morre de beber. Não tem saida não. É saltá da frigideira e cair no fogo!

Angélica Aguiar Néris disse...

Falta de humanidade. Tira essa pedra do coração. Deve ser eleitor de Bolsonaro ou do Dória!

Missionário Carlos Tadeu disse...

Quanta desumanidade. Envenenar cachaça e dar pra ser humano é pavoroso. Onde vamos parar, meu Deus!

Luis César Rodrigues disse...

Isso tudo acontecendo e eu aqui na praça dando milho aos pombos!

José Eugênio Tridolli disse...

Temos que acabar com essa cachaçada. Jesus tenha piedade desse povo!

Postar um comentário

Receba nossas noticias!