Homem mata o filho de cinco anos em hospital e afirma que não o amava - Colatina News

Recentes

21/05/2020

Homem mata o filho de cinco anos em hospital e afirma que não o amava

Totkas disse à polícia que não é louco

O zagueiro Cevher Toktas, do Bursa Yldrmspor, na Turquia, confessou ter matado seu filho de apenas cinco anos, que estava internado com suspeita de ter contraído Coronavírus. À polícia ele contou os detalhes do crime bárbaro, explicando que colocou uma almofada sobre a cabeça do filho por 15 minutos.

“Coloquei a almofada na cabeça dele, que estava deitado de costas e pressionei por 15 minutos seguidos. Meu filho resistiu durante algum tempo e quando parou de mexer levantei a almofada e chamei os médicos para que não suspeitassem de nada”, contou o assassino durante depoimento à polícia.

Ele afirmou que nunca amou o filho mais novo desde o seu nascimento e disse não saber porque. “A única razão pela qual o matei, foi porque não o queria”, revelou o jogador. O crime foi praticado em 23 de abril. Seu julgamento ocorrerá nos próximos dias, e ele poderá ser condenado à prisão perpétua.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Receba nossas noticias!