Policial Civil mata a mulher a tiros em bar e morre ao trocar tiros com a Polícia Militar - Colatina News

Recentes

google.com, pub-2151647549971277, DIRECT, f08c47fec0942fa0

10/10/2020

Policial Civil mata a mulher a tiros em bar e morre ao trocar tiros com a Polícia Militar

Local onde ocorreu a tragédia envolvendo policial civil

O Bairro Serra, na Região Centro-Sul de Belo Horizonte/MG, foi palco para uma tragédia na noite de sexta-feira, 09. Um policial civil matou a mulher e na sequência foi morto por policiais militares ao resistir ao cerco da polícia no mesmo bairro. O crime ocorreu na Rua Capelinha, onde funciona um bar.

 

Testemunhas disseram aos policiais que houve uma discussão entre o policial e a mulher, cujos nomes, não se sabe porquê, já que ambos estão mortos, não foram divulgados pela polícia. O policial civil tinha uma relação amorosa com a vítima, mas o motivo do desentendimento não foi relatado pelos policiais.

 

Depois do crime o policial entrou em um Honda Civic preto e fugiu em alta velocidade e ao se deparar com uma viatura do 22º BPM ainda na Serra, houve troca de tiros com a guarnição e novamente conseguiu fugir. Ao alcançar a Avenida Contorno, no encontro com a Rua Estevão Pinto, ele bateu o carro.

 

Ao notar que estava sendo perseguido pelos policiais do Rotam (Rondas Ostensivas Táticas Metropolitanas) o policial assassino voltou a trocar tiros e acabou baleado. Ele foi socorrido pelos policiais ao Hospital de Pronto-Socorro João XXIII, mas não resistiu aos ferimentos e morreu minutos depois do fato.

 

O caso está sendo investigado pela DHPP (Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa), que determinou a realização de perícia tanto no bar onde a mulher foi morta, quanto no local da troca de tiros entre o investigador e os policiais militares. Os corpos das vítimas foram encaminhados ao IML.

  


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Receba nossas noticias!

Baixe nosso aplicativo!

Baixe nosso aplicativo!
Aqui o acidente é fatal e não a vítima, bandido não é tratado como suspeito, distrito não é chamado de vila e a notícia é divulgada nua e crua, sem medo. Baixe o App e tenha as notícias na palma de sua mão. Para baixar nosso aplicativo clic na imagem!