Justiça frouxa. Pedreiro é preso por ordem judicial só por ter sobrenome de traficante - Colatina News

Recentes

google.com, pub-2151647549971277, DIRECT, f08c47fec0942fa0

05/06/2021

Justiça frouxa. Pedreiro é preso por ordem judicial só por ter sobrenome de traficante

Sandro é vítima da incompetência do judiciário brasileiro

A justiça brasileira, que é rigorosa com trabalhadores e pessoas inocentes; e frouxa com a bandidagem, acaba de cometer mais uma injustiça. Desta vez a vítima trata-se do pedreiro Sandro dos Santos Castilho, que está preso há 74 dias após ter a identidade confundida com a de um traficante de drogas.

 

De acordo com a família do pedreiro, ele teve a identidade confundida com a do bandido Alexsandro Castilho, que pertence a uma quadrilha que comanda o tráfico da região de Boaçu, bairro da cidade de São Gonçalo/ES, e que é irmão de Vanderson Pinheiro de Castilho, o Branco, preso por tráfico de drogas.

 

Revoltados, familiares de Sandro afirmam que ele não tem nenhuma ligação com qualquer membro da família Castilho investigada pela polícia. Valéria Costa de Oliveira, mulher de Sandro há 19 anos, reclamou que não o vê desde o dia 20 de março. “Não me conformo com essa injustiça”, desabafa Valéria.


 “O rapaz é trabalhador e responsável”, disse patrão de Sandro

 

Por telefone Sandro afirmou que foi preso para averiguação e pede tranquilidade aos familiares, pois nada fez de errado. Sandro trabalha como pedreiro há três anos para uma empresa de engenharia de Niterói e foi detido em uma parada policial em março, quando se encaminhava ao trabalho

 

Rafael Carvalho Beckmann, proprietário da empresa em que Sandro Trabalha, enfatizou que a sua prisão é injusta, pois o rapaz é trabalhador, sem nenhuma falta na empresa. Também a senhora Sônia Maria dos Santos Castilho, mãe de Sandro, pede a sua soltura, “porque é honesto e trabalhador”, e que a sustenta.

 

A Polícia Civil disse que Sandro foi preso em cumprimento de uma decisão judicial e que o processo corre em sigilo. “Sempre que há incompetência da justiça, surge esse “corre em sigilo”. O juiz que determinou a prisão e os policiais que prenderam, deveriam ser presos”, disse um amigo de Sandro.


 Siga-nos no Instagram: @colatinanews, e no Facebook: @sitecolatinanews!

  

Nenhum comentário:

Postar um comentário