Ciclistas fazem homenagem ao amigo que foi morto e queimado pelo filho adotivo e a nora - Colatina News

Recentes

google.com, pub-2151647549971277, DIRECT, f08c47fec0942fa0

07/07/2022

Ciclistas fazem homenagem ao amigo que foi morto e queimado pelo filho adotivo e a nora

Ciclistas homenagearam o amigo Dudu Treme Treme

O motorista de aplicativo Duramir Monteiro Silva, 56 anos, foi homenageado por um grupo de ciclistas que se aglomeraram na Praça Jerônimo Monteiro, em Cachoeiro de Itapemirim, no Sul do Espírito Santo, na noite de terça-feira, 05. Em seguida o grupo percorreu as principais ruas da cidade, após uma oração.

 

O grupo pedia justiça pelo assassinato de Duramir, o popular Dudu Treme Treme, praticado pelo filho João Vitor Brito Silva, 24 anos; e a nora Beatriz Gazoni de Azevedo, 20 anos, no dia 28 de junho, tendo seu corpo sido descoberto somente no dia 04 de julho em uma cova rasa, todo queimado.

 

João Vitor e Beatriz premeditaram o crime

Para justificar o crime o casal inventou que Duramir tinha fungado no cangote da nora e tentado agarra-la, tendo ela o esfaqueado e o filho completado o trabalho. Contudo os investigadores não engoliram a história e após vários interrogatórios os dois confessaram o verdadeiro motivo do crime, que tem cunho patrimonial.

 

O corpo de Duramir foi encontrado numa cova rasa em uma propriedade rural de Castelo, todo queimado. Durante as investigações apurou-se que João Vitor não era filho legítimo de Duramir e sim adotado. Ele e a namorada premeditaram o crime para ficar com os bens da vítima e com cerca de R$ 20 mil em dinheiro.

 

Siga-nos no Instagram: @colatinanews, no Facebook: @sitecolatinanews, e inscreva-se no nosso canal no Youtube: Colatina News!

 

 


Nenhum comentário:

Postar um comentário