Presos passam mal em penitenciária e Sejus suspeita de comida estragada - Colatina News

Recentes

01/07/2019

Presos passam mal em penitenciária e Sejus suspeita de comida estragada

Foto ilustrativa

A Sejus (Secretaria de Justiça do Estado do Espírito Santo) investiga as possíveis causas que levaram os detentos da Penitenciária de Segurança Média de Colatina ter febre, vômito e diarreia na madrugada de sexta-feira, 28. Eles foram medicados no Hospital Sílvio Avidos.


Segundo as informações, alguns internos foram atendidos na própria unidade, e outros em estado mais grave, foram socorridos ao hospital, onde foram medicados e depois liberados. Segundo um detento, o local ficou insuportável pela fedentina que tomou conta do ambiente.

Continua depois do anúncio


Dentre as providências tomadas pela Sejus, consta o recolhimento para análise de algumas marmitas que são fornecidas por uma empresa contratada pelo Estado. Caso fique constatado que os presos passaram mal por causa da comida, a empresa poderá ser penalizada.

As punições que a empresa poderá sofrer vão de multa, a advertência ou quebra de contrato com o governo do Estado. Segundo um detento, no momento que os presos passaram mal, o cheiro de fezes tomou conta de tudo, tornando insuportável a permanência no local.






7 comentários:

  1. Podiam ter deixado essas pestes morrer só da dispeza

    ResponderExcluir
  2. Mata essas peste. Deixa esses lixo morrer tudo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Maria Rosa Miniguitte2 de julho de 2019 07:47

      Cuidado meu filho. Tudo que desejamos de ruim volta para nós. Ponha deus em seu coração e vai ser mais feliz

      Excluir
  3. Mariana Cerqueira1 de julho de 2019 16:55

    Culpa do PT e da Maria do Rosário. São vitimas da sociedade

    ResponderExcluir
  4. Carlos António de Jesus1 de julho de 2019 17:00

    O problema é que esses bandidos quando chegam no ospital ainda tem preferência. Absurdo

    ResponderExcluir
  5. Deixa esses diabo morrer tudo. Num tem ninguém santo aí

    ResponderExcluir
  6. E pensar que esses porqueira tem mais valor que a gente em um hospital é de doer. Onde vamos parar nesse país. Bandidos com nais moral que cidadão de bem.

    ResponderExcluir

Receba nossas noticias!