Eleitores de São Mateus pressionam TSE a pautar julgamento de Daniel do Açaí - Colatina News

Recentes

25/09/2019

Eleitores de São Mateus pressionam TSE a pautar julgamento de Daniel do Açaí

Daniel teve cassação confirmada no TRE, mas continua prefeito

Mesmo com o mandato cassado por corrupção eleitoral pela Câmara Municipal e pelo TRE (Tribunal Regional Eleitoral), o prefeito de São Mateus/ES, Daniel do Açaí (PSDB), continua à frente do Poder Executivo Municipal graças a uma liminar concedida pelo desembargador Annibal de Rezende Lima.

Ciente da incapacidade da justiça brasileira, Daniel do Açaí anunciou em vídeo que ficará no cargo até o fim, mesmo porque falta pouco mais de um ano para que termine seu mandato. Ele é defendido pelo advogado Henrique Neves, ex-ministro do TSE, o que gera suspeita de que haja tráfico de influência.

Para a população de São Mateus, “a permanência de Daniel do Açaí como prefeito mesmo depois de sua cassação por corrupção eleitoral, é um afronta ao povo mateense e a confirmação de que o judiciário brasileiro tem lado, e que esse lado não é o da justiça”, segundo comentou um cidadão indignado.

O Município, segundo entrevistados, sofre com a permanência de Daniel do Açaí na prefeitura. “Enquanto a justiça eleitoral brasileira, que é a pior do mundo e repleta de ministros preguiçosos, não decide sobre a permanência ou não dele na prefeitura, quem perde é a sociedade”, disse uma moradora.


Conscientes da situação caótica de São Mateus, com o crescimento da violência e a falta de um governante capaz de conduzir dignamente os destinos do Município, cidadãos mateenses se mobilizaram no sentido e cobrar do TSE que marque uma data para o julgamento do processo parado há nove meses.

Já existe até um movimento para cobrar via redes sociais do TSE o julgamento de Daniel do Açaí, “que está mantendo a cidade totalmente abandonada, deixando de investir em educação, saúde, infraestrutura e outras áreas, para investir em festas e se tornar popular perante os menos esclarecidos”.

Em vídeo postado nas redes sociais, o próprio Daniel do Açaí afirma que continua no poder graças ao então governador Paulo Hartung, político de atuação duvidosa, que chegou a ser citado por delatores da Odebrecht, acusando-o de receber propinas usando o codinome Baianinho.

Além da população mateense, o deputado estadual Enivaldo dos Anjos (PSD) também cobrou da ministra Rosa Weber, da tribuna da Assembleia Legislativa do Espírito Santo, a colocação, para julgamento em plenário, do processo de cassação de Daniel do Açaí, que tanto mal vem causando a São Mateus.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Receba nossas noticias!