Ativista que denunciou irregularidades questiona demora nas apurações - Colatina News

Recentes

30/10/2019

Ativista que denunciou irregularidades questiona demora nas apurações

Jonas Soprani cobra agilidade na apuração de irregularidades eleitorais

O ativista Jonas da Silva Soprani está indignado com a demora na apuração da denúncia feita por ele no dia 09 de outubro ao Ministério Público de Linhares/ES, pedindo a anulação das eleições para o Conselho Tutelar da Criança e do Adolescente daquela cidade, por suspeita de irregularidades.

Segundo a denúncia do ativista, diversos fiscais prestaram serviços para candidatos ligados indiretamente à prefeitura local, em diversas sessões de votação. Jonas Soprani afirmou na denúncia que eles se aproveitaram dessa vantagem e até pediam votos para concorrentes ligados ao Executivo.

“Acho estranha essa demora, pois em várias cidades onde irregularidades foram detectadas, as eleições já foram canceladas e aqui em Linhares ninguém fala nada e nada foi feito até o momento. Já houve tempo suficiente para conclusão de apurações sobre as denúncias”, comentou Jonas Soprani.


Na denúncia protocolada por Jonas Soprani pedindo a anulação de todo processo eleitoral, foi juntada uma lista com os nomes das pessoas que atuaram nas eleições, e que são detentoras de cargos comissionados confirmados no Portal Transparência da Prefeitura Municipal de Colatina.

Para o ativista, ficou evidente que os candidatos ligados à prefeitura levaram vantagem nas eleições ocorrida no dia 06 de outubro, ocasião em que mais de sete mil votos foram depositados nas urnas, com um número de abstenção próximo de 114 mil. Dos 10 eleitos, oito já atuavam como conselheiros.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Receba nossas noticias!