Abertura de licitação para construção de fontes luminosas poderá ser tumultuada - Colatina News

Recentes

19/12/2019

Abertura de licitação para construção de fontes luminosas poderá ser tumultuada

Manifestantes deverão vir para a porta da prefeitura (Foto: Fábio Arrebola)

Está prevista para esta sexta-feira, 20, uma manifestação na porta da Prefeitura Municipal de Colatina, no Noroeste do Espírito Santo, contra a abertura de processo licitatório para o gasto exorbitante na construção de fontes luminosas na Avenida Moacir Dalla, conhecida popularmente como Avenida Beira-Rio.

A manifestação conta com o apoio dos vereadores Renan Bragatto e Audreya Motta, que têm se destacado pela suas atuações em defesa da população e do patrimônio público. A pretensão do prefeito Sérgio Meneguelli é gastar R$ 2 milhões e 172 mil na construção de quatro inúteis fontes luminosas.

A intenção de construir as fontes não foi bem aceita pela população, haja vista que Colatina passa por sérios problemas nas áreas de saúde e educação. Para a população, essa verba deveria ser aplicada na aquisição de medicamentos para os postos de saúde e na reforma das escolas, que estão precárias.


O gasto exagerado para a construção de uma obra supérflua foi denunciado pelo vereador Renan Bragatto (PHS) durante sessão da Câmara Municipal e obteve eco no Ministéiro Público, que ajuizou uma ACP (Ação Civil Pública) pedindo que a justiça bloqueie o valor a ser utilizado na construção das fontes luminosas.

Na ação o promotor Marcelo Ferraz Volpato requer que a verba destinada à obra, que em nada beneficia a população colatinense, seja bloqueada e utilizada na reforma de unidades escolares, construção de abrigos para menores e pagamento de mensalidades atrasadas junto ao Lar Irmã Sheila.

Em sua defesa, Sérgio Meneguelli alegou em entrevista à TV Sim que a verba faz parte de um empréstimo feito à Caixa Econômica Federal, dentro do programa Finisa, mas foi desmentido por Renan Bragatto, ao destacar que a Câmara Municipal não aprovou nenhum empréstimo com essa finalidade.

Lembrou ainda Renan Bragatto, que o programa Finisa (Financiamento de Infraestrutura e Saneamento) não financia esse tipo de obra, uma vez que fontes luminosas não são obras de infraestrutura e muito menos de saneamento básico. A abertura da licitação está prevista para as 09h de sexta-feira, 20.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Receba nossas noticias!