Povo questiona gasto inútil com construção de fontes luminosas na cidade - Colatina News

Recentes

13/12/2019

Povo questiona gasto inútil com construção de fontes luminosas na cidade

Prefeito quer torrar mais de R$ 2 milhões em uma obra inútil

Está prevista para o dia 20 de dezembro, a partir das 09h, em Colatina, no Noroeste do Espírito Santo, a abertura de licitação, na modalidade Tomada de Preços, para construção de quatro fontes luminosas na Avenida Moacir Dalla, localizada nas margens do Rio Doce e que tem histórico de alagamentos.

O valor da obra está orçado em R$ 2 milhões e 172 mil e deverá ser construída com recursos próprios do Município. Os vereadores Renan Bragatto e Audreya Mattos, que sempre se posicionam a favor do povo, questionam o gasto com uma obra inútil, enquanto a saúde e a educação estão em situação caótica.

Os dois vereadores convidam a população para participar de uma manifestação contra o gasto, que eles entendem que é absurdo. O local onde as fontes luminosas serão construídas, por várias vezes já foi alagado com a cheia do Rio Doce e as fontes luminosas sendo construídas no local, podem ser prejudicadas.

No intuito de saber a opinião das pessoas em relação à construção das fontes, o Colatina News ouviu vários populares e a maioria se posicionou contra a construção das fontes luminosas, destacando que esse tipo de obra é supérflua, não traz benefícios para a população e só serve para gastar dinheiro público.

O povo fala

A iniciativa de se construir fontes luminosas em Colatina não foi muito bem recebida pela maioria das pessoas ouvidas por este site. O aposentado José Augusto Nogueira foi enfático ao afirmar que o prefeito não deve estar com suas faculdades mentais em perfeito estado. “Para que construir fontes luminosas? Qual o benefício disso para a população? Ele deve estar louco”, comentou.


Também contrário à construção das fontes luminosas, a dona de casa Regina Célia do Nascimento lembrou que já houve fontes luminosas em Colatina e que todas estão abandonadas, depredadas e sem utilidade. “Esse dinheiro deveria ser investido na reforma de escolas e aquisição de medicamentos”, disse ela.

“Esse prefeito precisa ser internado urgente no Adalto Botelho. Jogar dinheiro fora em fontes luminosas ao invés de investir na melhoria dos bairros que estão abandonados, na aquisição de medicamentos e material de consumo para os postos de saúde e reforma de escolas é loucura”, salienta Elza dos Santos.

“Estou de acordo com essas fontes. Além de embelezar a cidade, atrai pessoas para Colatina. É melhor gastar em fontes, que em carnaval”, comentou a vendedora Aghata Maria Silveira, se esquecendo que carnaval atrai turistas e gera fonte de rendas para praticamente todo comércio, incluindo os ambulantes.

Vale lembrar que serão construídas quatro fontes luminosas. Uma no valor de R$ 348 mil, outra ao custo de 324 mil, a terceira custará R$ 66 mil e mais uma no valor de R$ 1 milhão e 433 mil. Os recursos virão dos impostos pagos pela população e que deveriam ser revestidos em benefício dos contribuintes.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Receba nossas noticias!