Paulo Márcio deixa abandonado cemitério onde seus pais estão sepultados - Colatina News

Recentes

14/04/2020

Paulo Márcio deixa abandonado cemitério onde seus pais estão sepultados

O matagal está tomando conta de tudo

“O Cemitério de Santo Agostinho, Distrito de Água Doce do Norte, no Noroeste do Espírito Santo, está uma vergonha. O local onde a gente leva nossos entes queridos para o sono eterno está totalmente abandonado, com mato para todo lado, sepulturas depredadas e a capela destruída”, disse uma moradora.

Ela foi ao cemitério para visitar a sepultura de seu filho e ficou assustada com a situação que encontrou o local. “Fiquei tão assustada, que chamei meu marido para fazer uma limpeza geral em torno da sepultura de nosso filho. É uma vergonha essa situação. Esse prefeito não tem sensibilidade”, denuncia ela.

As sepulturas estão depredadas
Enquanto o marido limpava o local onde o filho está sepultado, a moradora fazia um registro do abandono que se encontra o local. Matagal tomando conta de tudo, sepulturas quebradas, muitas delas com aspecto mais tétrico que o normal. À medida que ela filma, vai comentando a situação precária do local.

O desleixo do prefeito Paulo Márcio se nota na chegada do cemitério, cujo portão de ferro está quase caindo em cima das pessoas que ali chegam para visitar sepulturas de seus entes queridos. À medida que a pessoa entra, tem a impressão de fazer parte do roteiro do filme de terror. Cemitério Abandonado.

Sem respeito pelos pais

O cemitério se transformou num verdadeiro cenário de filme de terror
Outra moradora de Santo Agostinho, que também se encontrava no cemitério visitando túmulos de parentes, comentou que o prefeito Paulo Márcio além de ser um péssimo prefeito, demonstra ser uma pessoa insensível, que não respeita nem a memória de seus, pais cujos corpos estão ali enterrados.

“É difícil entender o que se passa pela cabeça de uma pessoa dessas. Ele é nascido neste distrito, o pai e a mãe dele estão enterrados aqui e mesmo assim ele nada faz para amenizar a situação de abandono em que está o cemitério. Isso é uma afronta às famílias de Santo Agostinho”, frisou a reclamante.

Um pai teve que fazer ele próprio a limpeza da lápide do filho
Outro que também reside em Santo Agostinho, tem avós e vários parentes enterrados no cemitério local é o vereador Merçon, que é líder do prefeito na Câmara, e pré-candidato a prefeito com o apoio de Paulo Márcio, que não poderá concorrer à reelição este ano, por já ter sido reeleito na anterior.

“Estamos aguardando ansiosos as visitas deles em nossas casas pedindo votos”, diz a moradora, lembrando que recentemente uma família teve que cavar a sepultura para enterrar o ente querido, por falta de coveiro, já que Paulo Márcio não contrata coveiro e nem zelador para o cemitério há anos.
 
Sem telhado e com paredes destruídas...

A capela do cemitério dá um aspecto triste ao ambiente

Visão geral do cemitério de Santo Agostinho




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Receba nossas noticias!