Prefeito colatinense paga quase R$ 80 mil por reforma meia boca em ponte - Colatina News

Recentes

25/04/2020

Prefeito colatinense paga quase R$ 80 mil por reforma meia boca em ponte

Reforma que "comeu" mais de R$ 70 mil do Município

Mais uma derrapada administrativa do prefeito Sérgio Meneguelli, de Colatina, no Noroeste do Espírito Santo, causa revolta em moradores em virtude do elevado valor pago pela execução de reforma meia boca na Ponte Agostinho Galdino Breda, que fica localizada Avenida Champagnat, no Bairro Marista.

A reforma, que segundo o pedreiro Amarildo Barbosa de Oliveira ficaria por menos de R$ 20 mil, foi realizada pela empresa Tropa Eireli ME por R$ 77.852,56. “É um valor muito alto para uma obra tão insignificante. Com esse valor daria para construir uma ponte nova e ainda sobraria”, disse Amarildo.

“Esse prefeito não se importa com o dinheiro do povo. Gasta sem critérios e não está nem aí. Se a justiça não tivesse impedido, certamente que ele queimaria nosso dinheiro com construção de fontes luminosas que não servem para absolutamente nada. Ele brinca de administrar Colatina”, completa.

Obra na qual Meneguelli já consumiu cerca de R$ 500 mil
Pelas redes sociais vários internautas criticaram o gasto absurdo para uma simples reforma na ponte e houve até quem se dissesse arrependido de ter-lhe dado seu voto. Um deles disse inclusive que a obra poderia ter sido feita por um pai de família. A mão-de-obra seria bem mais barata para o Município.

O prefeito Sérgio Meneguelli se notabilizou por aplicar de forma errada o dinheiro do povo em obras inúteis, ou em obras inacabadas, como é o caso da contenção das encostas dos bairros Nossa Senhora Aparecida e São Braz, que sequer saiu do papel e ele já gastou cerca de R$ 500 mil só em aditivos.

“O colatinense precisa abrir os olhos e parar de acreditar nesses vídeos de autopromoção que ele vive divulgando nas redes sociais. Estamos vendo a realidade. Ele é um péssimo administrador. Colatina merece coisa melhor. Que nas próximas eleições nosso povo aprenda a votar direito”, finaliza Amarildo.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Receba nossas noticias!