Policiais acabam com festas na zona rural e jovem diz que a ditadura voltou - Colatina News

Recentes

03/05/2020

Policiais acabam com festas na zona rural e jovem diz que a ditadura voltou

Várias pessoas participavam das festas

“A ditadura voltou!” O comentário é de um jovem, que pede para não ser identificado, revoltado com a atuação da Polícia Militar, que acabou com festas clandestinas que estavam sendo realizadas em zonas rurais de Águia Branca e Barra de São Francisco, ambos Municípios do Noroeste do Espírito Santo.

Segndo o jovem, os policiais chegaram do nada e sem apresentar nenhum mandado judicial invadiram propriedade alheia e acabaram com a festa particular que estava ocorrendo no local. O jovem se refere ao Baile da Gaiola, que estava sendo realizado na Zona Rural de Águia Branca, no sábado, 02.

No local havia 30 pessoas entre homens e mulheres e, segundo a polícia que esteve no local após denúncias de disparos de arma de fogo, havia indícios de consumo de drogas. Foram encontradas duas armas de fogo no local e uma pessoa foi conduzida à Delegacia de Polícia de Barra de São Francisco.

Armas apreendidas na festa em Águia Branca
Na noite anterior, feriado do Dia do Trabalho, os policiais fizeram a mesma operação no Distrito de Iteperuna, em Barra de São Francisco, em atendimento a uma denúncia de aglomeração e realização de festa irregular. Na abordagem eles foram recebidos com xingamentos e agressões físicas e tiveram que agir.

Como defesa os policiais fizeram uso de espargidores e balas de borracha para encerrar a festa e uma mulher foi detida e levada para a Delegacia de Polícia de Barra de São Francisco, por agressão aos policiais. A Polícia Militar informa que continuará preservando a ordem pública utilizando força se for preciso.

“A polícia foi arbitrária. Estávamos em propriedade particular e o risco é nosso. Por que a polícia não age contra a aglomeração nas filas da Caixa Econômica? Por que não agem contra manifestantes? Eles deveriam ocupar seu tempo combatendo a criminalidade e não festas particulares”, completa o jovem.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Receba nossas noticias!