Francisquenses enterram de vez a nefasta influência política da família Pereira - Colatina News

Recentes

18/11/2020

Francisquenses enterram de vez a nefasta influência política da família Pereira

Cravaram uma estaca no coração do vampiro político de BSF (Foto ilustrativa)

O ex-prefeito de Barra de São Francisco, no Noroeste do Espírito Santo, cassado por corrupção, Edson Henrique Pereira, o Edinho Bigodão Nugget, morto-vivo na política local, ao receber transfusão de sangue de um militar impedido de concorrer às eleições de 2020, saiu de seu castelo mal assombrado em busca de poder. 

 

Pensando ainda ter prestígio, a assombração política subiu morros, visitou bairros, incomodou pessoas de bem em suas casas e invadiu o interior do Município, seguido pelos que estava apoiando. Com sua lábia de estelionatário político, Edinho Bigodão deitou falácia, acreditando ainda ter poder de enganar idiotas. 

 

Com o apoio da banda podre do PT francisquenseEdinho Bigodão conduziu o candidato que apoiava ao cadafalso, proporcionando-lhe uma derrota vergonhosa, por uma votação jamais vista na história de Barra de São Francisco. A aventura política culminou numa derrota fragorosa, que por muitos anos será lembrada. 

 

Agindo como cavaleiro da patética figura, Edinho Bigodão seguia contando bravatas, divulgando fakes news, fazendo intrigas e gravando vídeos dizendo que seu candidato seria vencedor. Algumas pessoas ingênuas acreditaram no seu bla bla bla e acabaram induzidas a uma decisão vexatória, para não dizer ridícula. 

 

O trágico fim do Cavaleiro da Patética Figura 

 

O estrago proporcionado pelo vampiro bigodudo e seus seguidores zumbis foi combatido com uma política séria, sem ataques pessoais e com apresentação de propostas para o desenvolvimento do Município. Enquanto a horda usava as redes sociais para disseminar mentiras, o antídoto era aplicado e surtia seus efeitos. 

 

Quanto mais o dia das eleições se aproximava, mais ferozes e violentos os mortos-vivos da política francisquense ficavam. Os rugidos de desespero personalizados nos ataques que se multiplicavam à medida que o fracasso tomava conta de Edinho Bigodão e seus seguidores maltrapilhos, mostravam a derrota iminente. 

 

Chega o grande dia do confronto final. Exércitos à postos, teve início o combate. Não precisou muito esforço para derrotar Edinho Bigodão. Fracos, maltrapilhos, desnorteados e totalmente acuados pela superioridade do exército adversário, a derrota foi inevitável. O fraco exército ainda tentou reagir, mas foi massacrado.  

 

Diante da vitória esmagadora sobre a espécie de exército de Brancaleone, chefiado pelo cavaleiro da patética figura, chegou o momento histórico de cravar uma estaca de madeira bem no coração do vampiro político Edinho Bigodão, livrando de vez Barra de São Francisco da nefasta influência política de Edinho Bigodão e família. 

  


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Receba nossas noticias!