Festa com 400 pessoas rola solta em Linhares sem ação da PM e Vigilância Sanitária - Colatina News

Recentes

google.com, pub-2151647549971277, DIRECT, f08c47fec0942fa0

24/01/2021

Festa com 400 pessoas rola solta em Linhares sem ação da PM e Vigilância Sanitária

Festa com 400 pessoas rola solta em Linhares sem ação da PM e Vigilância Sanitária 

A Vigilância Sanitária, rigorosa quando o assunto é prejudicar lojas, bares e comércio em geral, não moveu uma palha para acabar com a festa com mais de 400 convidados, ocorrida no Condomínio Lago Azul, de propriedade de Guerino Zanon, prefeito de Linhares/ES, localizado às margens da famosa Lagoa Juparanã, no Bairro Canivete. 

 

A denúncia é de um cidadão, que expôs sua indignação nas redes sociais, afirmando que “enquanto a Prefeitura de Linhares impõe restrições de funcionamento para os trabalhadores que dependem de seus estabelecimentos como meio de sobrevivência, uma festa com cerca de 400 convidados começou cedo e varou a madrugada”. 

 

A festa, que começou no sábado, 23, e terminou na madrugada de domingo, 24, era uma comemoração ao casamento dos cantores de Linhares, Felipe Fantin e Fernanda de Pádua, que registraram o acontecimento com fotos e vídeos pelas redes sociais. Da festa participaram servidores públicos, artistas, jornalistas e autoridades diversas. 

 

Pessoas sem máscaras durante aglomeração festiva 

 

A aglomeração era total em desrespeito ao que determina o decreto do Governo do Estado e principalmente do Município de Linhares. Para piorar a situação, todos os presentes à festa estavam sem máscaras. “Cadê a polícia, que invade casas das pessoas para acabar com as festas: Por que não invadiram essa festa? Por quê?” 

 

A pergunta é do cidadão João Carlos dos Santos. Segundo ele a polícia amarelou ou fez vistas grossas “porque a festa era de bacanas da cidade”. Para João Carlos, essa omissão dos fiscais da Vigilância Sanitária e da Polícia Militar é “uma demonstração de que essas instituições só ferram pobres e se borram diante dos poderosos”. 

 

“Vários jornalistas, inclusive da Rede Gazeta que sempre falam da obrigatoriedade do isolamento e do uso de máscaras, estavam sem máscaras e no meio da aglomeração. Muitos desses irresponsáveis serão contaminados, com certeza. A PM e a Vigilância Sanitária não têm mais moral para acabar com festa nenhuma”, finaliza João Carlos. 

 

Aqui o acidente é fatal e não a vítima, bandido não é tratado como suspeito, distrito não é chamado de vila e a notícia é divulgada nua e crua, sem medo. Baixe o App e tenha as notícias na palma de sua mão. É só clicar aqui!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Receba nossas noticias!

Baixe nosso aplicativo!

Baixe nosso aplicativo!
Aqui o acidente é fatal e não a vítima, bandido não é tratado como suspeito, distrito não é chamado de vila e a notícia é divulgada nua e crua, sem medo. Baixe o App e tenha as notícias na palma de sua mão. Para baixar nosso aplicativo clic na imagem!