Violência sem fim. Homem espanca até a morte a companheira com taco de baseball - Colatina News

Recentes


google.com, pub-2151647549971277, DIRECT, f08c47fec0942fa0

10/05/2021

Violência sem fim. Homem espanca até a morte a companheira com taco de baseball

Larissinha foi brutalmente assassinada pelo companheiro

Um taco de baseball foi o instrumento utilizado por João Paulo Moura de Souza, 23 anos, para matar Larissa Nascimento, 22 anos, conhecida popularmente como Larissinha. O homicídio aconteceu na madrugada de domingo, 09, em um condomínio no Distrito Federal e chocou os moradores.

 

O autor do homicídio, que já é velho conhecido da polícia pela prática de outros crimes, foi preso em flagrante e encaminhado à 6ª Delegacia de Polícia de Paranoá, que se responsabilizará pelas investigações do caso. Quando foi preso João Moura estava escondido na casa do pai, na Quadra 329 do Itapoã.

 

Levantamentos da vida pregressa de João Moura mostraram que ele já foi preso diversas vezes por praticar crimes com violência, crimes contra o patrimônio e violência doméstica. Inclusive, as medidas protetivas e a tornozeleira eletrônica que usava foram retiradas há menos de uma semana.

 

Mãe tenta esconder o crime praticado pelo assassino

 

Por meio de uma denúncia anônima os policiais chegaram ao local do crime por volta das 05h, mas a mãe do assassino disse que nada havia acontecido. Os policiais insistiram perguntando sobre a discussão na madrugada, mas a mulher continuou dizendo que estava tudo bem e que nada havia ocorrido.

 

Testemunhas informaram à polícia, que assim que o dia amanheceu a mãe, o assassino e um irmão dele ficaram na calçada fazendo planos de como se livrar do corpo. João Moura, segundo informações, comentava que não havia saída, pois a mulher estava morta e não queria ser preso. O corpo da vítima foi encontrado na cama pelos bombeiros por volta das 10h30m já sem vida.

 

Larissa, que deixa um filho de oito anos, demonstrava seu amor por ele publicando fotos nas redes sociais e falando de sua experiência de ser mãe. Muito querida, ela recebeu homenagens diversas nas redes sociais por parte de amigos e familiares, que não se conformam com a forma brutal pela qual foi morta.

 

Siga-nos no Instagram: @colatinanews, e no Facebook: @sitecolatinanews!

  

Nenhum comentário:

Postar um comentário