Prefeito dá preferência aos trabalhadores e suspende vacinação destinada a presidiários - Colatina News

Recentes

google.com, pub-2151647549971277, DIRECT, f08c47fec0942fa0

05/07/2021

Prefeito dá preferência aos trabalhadores e suspende vacinação destinada a presidiários

Luís Eduardo se negou a vacinar bandidos antes da população

O prefeito Luís Eduardo Falcão (Podemos), que já era muito popular em Patos de Minas, cidade que administra no Alto Paranaíba, ganhou ainda mais popularidade ao ignorar o Plano Nacional de Imunização e suspender por tempo indeterminado a vacinação contra Covid-19 de presidiários da cidade.

 

Segundo ele, não faz nenhum sentido a prioridade desse grupo. “Realmente está previsto pelo Plano Nacional de Imunização, mas não faremos isso não. Não faz sentido as pessoas que estão na rua trabalhando desde o início da pandemia e não cometeram nenhum crime, serem vacinadas depois dos presos, que estão isolados”, divulgou o prefeito em suas redes sociais.

 

A imunização dos detentos ocorreria nesta segunda-feira, 05, com 250 doses, mas o prefeito Luís Eduardo reforçou que os presos estão isolados e garantiu que a imunização seria para policiais, agentes e todas as equipes que circulam no presídio da cidade. “Vacinaremos detentos sim, mas não com prioridade”.

 

Outro prefeito que se negou a vacinar detentos antes da população que trabalha e que não cometeu nenhum crime foi Christiano Xavier (PSD), de Santa Luzia, na Região Metropolitana de Belo Horizonte/MG. Ao invés de bandidos, ele preferiu destinar vacinas aos professores e motoristas de ônibus.

 

Siga-nos no Instagram: @colatinanews, e no Facebook: @sitecolatinanews!

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário