Indivíduo estupra, mata a facadas e joga corpo de mulher dentro de poço no quintal - Colatina News

Recentes

google.com, pub-2151647549971277, DIRECT, f08c47fec0942fa0

26/01/2022

Indivíduo estupra, mata a facadas e joga corpo de mulher dentro de poço no quintal

Eduardo Gomes foi preso na Estação Rodoviária

Foi preso na segunda-feira, 24, quando tentava fugir da cidade o indivíduo Eduardo Gomes Rodrigues, 53 anos, acusado de estuprar e matar Rose Paredes, 39 anos. O crime aconteceu na quarta-feira, 19, e desde então que Rose era considerada desaparecida por familiares, segundo informações da polícia.

 

O corpo da vítima foi encontrado no poço da casa dela pelos familiares, apresentando oito golpes de faca no rosto. Na ocasião Eduardo, que dividia a casa com a vítima e o marido dela, disse que Rose tinha fugido com um caminhoneiro. O corpo dela foi descoberto por causa do mau cheiro exalado.

 

Eduardo foi preso na Estação Rodoviária de Bandeirantes/MS, cidade onde ocorreu o crime, no momento em que tentava fugir. Na delegacia ele disse que já havia mantido relações sexuais consentidas com a vítima duas vezes, mas as investigações realizadas apontam que a versão apresentada por ele é falsa.

 

Corpo de Rose foi jogado dentro de um poço no quintal

Ele contou, ainda, que no dia do crime teve relações com a vítima, ocasião em que ela o pediu para matar o esposo dela. Como se negou, a mulher partiu para a agressão e então a golpeou com um pedaço de madeira. O delegado Jarley Inácio de Souza enfatiza que não há evidências que comprovem o que ele disse.

 

De acordo com o delegado a perícia realizada indica que a vítima foi atacada quando ainda estava deitada na cama. “Temos provas materiais de que ela foi atacada deitada na cama. Acreditamos que a relação não foi consentida, e sim estupro”, disse o delegado. O indivíduo está preso à disposição da justiça.

 

Ao contrário do que afirmou o assassino, a vítima foi morta com oito golpes de faca no rosto. Além disso, os policiais encontraram uma cama e um colchão queimados na residência, e segundo o delegado Jarley, há indícios de que o autor do crime tenha tentado se livrar das provas do crime após pratica-lo.

 

Siga-nos no Instagram: @colatinanews, e no Facebook: @sitecolatinanews!

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário