Policial militar que assassinou jovem na Serra não é flor que se cheire, segundo o delegado - Colatina News

Recentes

google.com, pub-2151647549971277, DIRECT, f08c47fec0942fa0

11/08/2022

Policial militar que assassinou jovem na Serra não é flor que se cheire, segundo o delegado

Lucas, o policial militar assassino

O policial militar Lucas de Figueiredo Pereira, 37 anos, que no dia 18 de junho último matou o jovem Fernando Santos de Aquino, 23 anos, em uma distribuidora de bebidas no Bairro Hélio Ferraz, na Serra, Grande Vitória, por causa de pinos de cocaína, não é flor que se cheire e está envolvido em vários outros crimes.

 

De acordo com o delegado Rodrigo Sandi Mori, da DHPP (Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa) da Serra, o PM tem um longo histórico de ocorrências com práticas de violência. Em abril de 2019 ele atirou para cima e deu uma coronhada no dono de um bar em Jardim Camburi, por discordar do valor de uma conta.

 

Em setembro de 2021 o policial militar se envolveu em uma confusão com um frentista de um posto de combustíveis, também em Jardim Camburi. Segundo a vítima, Lucas o agrediu com coronhadas de revólver na cabeça, quando chegava para trabalhar. Não foi informado o motivo da confusão no posto de gasolina.

 

PM Lucas com a arma na mão após o crime

O frentista disse que o policial chegou sem dizer nada, acertou-o com uma coronhada e o jogou no chão chamando-o de traficante e vagabundo e que ele era policial. “Ele jogou meu colete na água, fez eu tirar a botina, me humilhou dentro do serviço”, contou o frentista, que denunciou o policial militar arbitrário.

 

Dando sequência à sua escalada de crimes, no dia 22 de maio deste ano ele atirou no calcanhar de um homem após uma discussão por causa de jogo de sinuca em um posto de combustíveis no Bairro Manoel Plaza, também na Serra. Lucas foi preso no dia 08 de julho, ao retornar das férias em Minas Gerais.

 

“Como um bandido de alta periculosidade como esse policial permanecia em liberdade e ainda fazendo parte da Polícia Militar?”, questiona um cidadão, destacando que por causa da falta de rigor por parte da Corregedoria na apuração dos crimes, que a Polícia Militar tem tanto policial bandido agindo.

 


Siga-nos no Instagram: @colatinanews, no Facebook: @sitecolatinanews, e inscreva-se no nosso canal no Youtube: Colatina News!

 

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário