Idosa é condenada a 25 dias de prisão por criar galos que incomodavam a vizinhança - Colatina News

Recentes

28/08/2019

Idosa é condenada a 25 dias de prisão por criar galos que incomodavam a vizinhança

Dora foi condenada à prisão por causa dos galos barulhentos

Você que gosta de incomodar a vizinhança com som muito alto, ensaios com instrumentos musicais ou cria animais barulhentos, é melhor ficar atento ao que aconteceu com a idosa Dora Dias, 68 anos, que acaba de ser condenada a 25 dias de prisão por perturbação da tranquilidade dos vizinhos.

O caso aconteceu em Santa Rita do Passa Quatro/SP, onde um casal que mora nos fundos da casa resolveu reclamar na justiça, porque os quatro galos da idosa, que ficavam empoleirados sobre uma árvore perto do quarto, cucuritavam (cantavam) várias vezes na madrugada, incomodando todo mundo.

O casal entrou na justiça em março de 2018, ocasião em que Dora tinha quatro galos e agora são três, pois um morreu. Houve tentativa de solução do problema por parte do Ministério Público para evitar a ação, mas a idosa se recusou a receber o Centro de Zoonose, que retiraria os galos do quintal.


Para evitar mais problemas com os vizinhos, Dora elevou o muro em mais um metro e acomodou os galos num quartinho dentro de casa, mas nada disso foi suficiente para acalmar o casal, que reclamava inclusive de não ter concentração nem para fazer o tchaka tchaka na butchaka na madrugada.

O advogado da idosa, que recorrerá da sentença, disse que a decisão do juiz foi equivocada, pois Dora apenas tentava proteger a aves, que eram a sua única companhia, já que reside sozinha. Disse, ainda, que os galos não mais ficavam no quintal durante a noite e por isso o incômodo não mais existia.






15 comentários:

  1. Só quem mora perto dessas pragas sabe o que é ficar a noite toda sem dormir ouvindo galos cantando. Eu tive que mudar de casa para ter um pouco de paz.

    ResponderExcluir
  2. Patrick Romualdo Pereira28 de agosto de 2019 08:01

    Que país é esse. O STF solta bandidos de colarinho branco e o judiciário manda prender uma idosa por causa de galos. Judiciário sem vergonha esse do Brasil.

    ResponderExcluir
  3. Mirtes Maria Silva28 de agosto de 2019 08:09

    Deviam condenar é esses desocupado que fica fazendo roda de pagode ou batidão a noite toda e não deixa ninguém dormir. Coitada da idosa, estava apenas tentando se livrar da solidão.

    ResponderExcluir
  4. José Adriano do Nascimento28 de agosto de 2019 08:11

    Só mesmo no Brasil para mandar prender uma pessoa idosa por causa de barulho de galos e deixar a bandidada solta. Cadê o Queiroz? Ele sim precisa ser preso e não uma senhora idosa. Toma vergonha, justiça.

    ResponderExcluir
  5. Mereceu a condenação. Esses bichos infernizam a vida da gente que precisa dormir bem para levantar cedo para o trabalho. Parabéns a justiça.

    ResponderExcluir
  6. Amariles Maria Prudente28 de agosto de 2019 08:15

    Misericórdia, Onde foi isso jente. Que coisa absurda. Coitada da velhinha.

    ResponderExcluir
  7. Lourival Cordeiro Arruda28 de agosto de 2019 08:18

    Que casal de m***.A se fosse vizinhos meu. Ia mostrar pra eles o que é bagunça. Vendia os galos e ia bater lata a noite inteira. Covardes.

    ResponderExcluir
  8. Alencar Donizete Cardoso28 de agosto de 2019 08:20

    Essa é a justiça brasileira, que solta bandidos e manda prender senhoras de idade por causa de uma coisa insignificante

    ResponderExcluir
  9. Maria da Consolação de Jesus28 de agosto de 2019 08:25

    É inacreditável essa justiça brasileira. Enquanto se preocupa em condenar idosas por causa de coisa totalmente sem sentido, os milhares de processos ficam acumulando dia a dia nas mesas dos juíz preguiçosos

    ResponderExcluir
  10. Maria do Socorro Perpétuo28 de agosto de 2019 08:29

    Mas que absurdo gente. Onde vamos parar. Cada dia me decepciono mais com esse mundo de injustiças.

    ResponderExcluir
  11. Maria Geralda Rosa28 de agosto de 2019 20:07

    É ridículo como as pessoas incomodam com a vida alheia, deixe a idosa cuidar dos galos dela do jeito que ela quiser, ninguém tem nada com isso.

    ResponderExcluir
  12. Hudson Silva Gonçalves28 de agosto de 2019 20:09

    Tem gente que fica ouvindo som alto o tempo todo em botecos, dentro de carros, pelas ruas e num ta nem aí e depois reclama do galo cantando. Ha, vá te catar, casal ridículo.

    ResponderExcluir
  13. Rosane Soelo Crispim28 de agosto de 2019 20:12

    O juiz está serto, ninguém é obrigado a ficar ouvindo galo cantando a noite toda incomodando nosso sono. Quem quer criar galos que vai morar na roça.

    ResponderExcluir
  14. Robeerto Sargentelli28 de agosto de 2019 20:13

    Já que não pode galos, não pode também cachorros e nem gatos. Nem papagaios e muito menos passarinhos. Vamos por ordem no galinheiro.

    ResponderExcluir
  15. Que injustiça com tantos bandidos soltos por ai esse juiz tem a coragem de condenar uma pobre velhinha que não faz mal a ninguém. Isso é Brasil, mas não é o Brasil que queremos.

    ResponderExcluir

Receba nossas noticias!