Com medo da reação do povo prefeito volta atrás e veta aumento dele e de vereadores - Colatina News

Recentes

28/11/2019

Com medo da reação do povo prefeito volta atrás e veta aumento dele e de vereadores

Mesmo sem querer Meneguelli é obrigado a vetar aumentos

Pressionado pelas manifestações do povo de Colatina, no Noroeste do Espírito Santo, o prefeito Sérgio Meneguelli não teve alternativa a não ser vetar o aumento de 70% nos subsídios dos vereadores, prefeito, vice-prefeito e secretários municipais, fato ocorrido na tarde de quarta-feira, 27.

Não era intenção de Sérgio Meneguelli vetar o aumento absurdo. Tanto que em reunião a portas fechadas entre ele e o presidente da Câmara Municipal, Eliézio Bolzani, os dois não chegaram a nenhuma decisão e Meneguelli chegou a dizer que existiam outros assuntos mais importantes agendados para discussão.

Na oportunidade a assessoria do prefeito afirmou que ele não gosta de atropelar pauta e que, em vista disso, a discussão do veto só deveria acontecer na terça ou quarta-feira da outra semana, decisão que foi criticada por um servidor, que desabafou dizendo que tudo não passava de desculpa para não vetar o aumento.

A decisão de vetar o aumento que chocou a população foi tomada repentinamente, o que, na opinião de pessoas ouvidas pelo Colatina News, Sérgio Meneguelli amarelou com a possibilidade da presença do ativista Jonas da Silva Soprani na cidade para liderar manifestações na porta da prefeitura.

Povo opina

Manifestantes invadiram o plenário protestando contra aumentos
Populares ouvidos pelo Colatina News afirmaram que a vontade da população é que fez com que o prefeito vetasse o aumento. “Ele não tinha interesse em vetar coisa nenhuma e estava em conluio com os vereadores que aprovaram esse aumento absurdo dos próprios salários”, disse Alfredo Rocha dos Santos.

Indignada, Maria José Nepomuceno se diz decepcionada com Sérgio Meneguelli, em quem votou e acreditou que ele seria um político diferente. “Esse prefeito é igual ou até pior que os outros políticos. Enganador, mentiroso e sem coragem para enfrentar problemas que exigem hombridade”, disse ela.


“Esse prefeito de facebook não tinha outra saída. Era vetar ou vetar. Aqui quem manda é o povo e não adianta um grupo de políticos sem vergonha querer fazer o que bem entende. A voz do povo tem que prevalecer sempre e se ele não vetasse esse aumento, revolucionaríamos Colatina”, salienta Vicente Antunes.

“Se ele não tivesse vetado esse aumento absurdo a gente iria trazer a Colatina o ativista Jonas Soprani para nos apoiar na luta contra esses sanguessugas do dinheiro público. Vamos continuar atentos aos acontecimentos e se preciso invadiremos novamente a Câmara Municipal”, garante Adalberto José de Souza.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Receba nossas noticias!