População invade a Câmara contra aumento de salários de vereadores e prefeito - Colatina News

Recentes

26/11/2019

População invade a Câmara contra aumento de salários de vereadores e prefeito

Gritando "o dinheiro é nosso e povo unido jamais será vencido"...

Cerca de 500 pessoas participaram de uma manifestação na tarde de segunda-feira, 25, em frente à Câmara Municipal de Colatina/ES, contra o aumento de 70% nos subsídios dos vereadores aprovados por eles próprios no último dia 18. Também foram beneficiados prefeito, vice-prefeito e secretários municipais.

Dentre os manifestantes estavam representantes de sindicatos, entidades, pessoas das comunidades e do interior do Município, que gritavam palavras de ordem, como mercenários, o dinheiro é nosso e povo unido jamais será vencido. A manifestação teve início meia hora antes da sessão da Câmara Municipal.

A presença dos manifestantes na Casa de Leis fez com que o presidente da Câmara, vereador Eliézio Bolzani, interrompesse a sessão por duas vezes. A insatisfação do povo pelo aumento salarial e a criação d o 13º salário foi demonstrada por Eliane Inácio, presidente do Sindicato dos Servidores Públicos.

...povo invade a Câmara Municipal durante sessão ordinária
Pressionado pelo povo, Eliézio se comprometeu a pedir ao prefeito Sérgio Meneguelli que vete o projeto, para que o veto seja acatado na sessão da próxima segunda-feira. Na opinião de José Carlos, nem deveria ser necessário que o presidente da Câmara pedisse isso, pois o prefeito já deveria ter vetado.


“Imagino que tudo isso não passa de uma jogada combinada entre os vereadores e esse prefeito, para que ele vete os aumentos e saia como herói. Desse prefeito midiático pode se esperar de tudo. Ele não é de confiança e vive de enganar o povo colatinense, que já não mais cai na lábia dele”, comenta José Carlos.

Com o aumento aprovado no dia 18 de novembro, os vereadores, secretários municipais e vice-prefeito passariam a ganhar R$ 7.200,00 e o prefeito R$ 11 mil a partir da próxima legislatura, além de 13º salário, que foi aprovado sem conhecimento da população, haja vista que não estava tramitando na Câmara.

Assista a manifestação no plenário da Câmara Municipal, que ficou lotado pelos cidadãos revoltados com o aumento abusivo de subsídios de vereadores, vice-prefeito, secretários municipais e prefeito:




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Receba nossas noticias!