Prefeito de Colatina não veta aumento de salário de secretários municipais - Colatina News

Recentes

04/12/2019

Prefeito de Colatina não veta aumento de salário de secretários municipais

Povo não aceita o aumento absurdo que o prefeito se recusa e vetar

Como já se tornou praxe, o prefeito Sérgio Meneguelli, de Colatina, no Noroeste do Espírito Santo, foi desmascarado pelo próprio ato. Recentemente ele disse que vetaria o aumento dos vereadores, prefeito, vice-prefeito, secretários municipais e procurador-geral do Sanear, mas não cumpriu sua promessa.

Na declaração de Sérgio Meneguelli feita em vídeo e divulgada pelas redes sociais, ele dá a entender que vetou os aumentos de subsídios em geral, mas não informa que deixou de vetar os aumentos dos secretários municipais e do procurador-geral do Sanear, cujo salário será de R$ 7.290 a partir de janeiro.

Segundo informações, existe uma manobra entre Sérgio Meneguelli e o presidente da Câmara, Eliézio Braz Bolzani, para que o aumento dos secretários e do procurador-geral seja homologado na reunião da próxima segunda-feira. Os vereadores contrários prometem se manifestar contra essa iniciativa.


Um vereador ouvido pelo Colatina News disse que vereadores contrários à manobra se pronunciarão na segunda-feira e tentarão evitar que a tramoia do prefeito em conluio com o presidente da Câmara aconteça. “Mais uma vez ele tenta enganar a população com jogos de palavras”, disse o vereador.

O cargo de procurador-geral do Sanear foi criado em 14 de fevereiro de 2019 pela Lei Municipal nº 6.576, e gerou polêmica na época. Houve quem acusasse o prefeito Sérgio Meneguelli de ter criado o cargo com o intuito único de beneficiar “um apadrinhado político” que tinha acabado de ser exonerado.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Receba nossas noticias!