Traição fatal. Após descoberta de traição policial mata mulher e depois suicida - Colatina News

Recentes

09/01/2020

Traição fatal. Após descoberta de traição policial mata mulher e depois suicida

Suelma faria 33 anos na sexta-feira, 10

A descoberta de um caso de traição acabou terminando em tragédia na manhã de quinta-feira, 09, em Osasco, na Grande São Paulo, onde o policial militar identificado como Daniel Piauí, 31 anos, matou a esposa Suelma Souza, 32 anos, e depois se matou. O acontecimento chocou amigos e vizinhos do casal.

De acordo com informações passadas pela polícia, Suelma descobriu que o marido a estava traindo e ao tirar satisfação teve início uma discussão na frente do prédio onde moravam. A discussão foi ficando cada vez mais forte, até que o militar sacou de sua arma e disparou três vezes contra a esposa.

Daniel, que usou a arma do curso de formação de soldados, depois de matar a mulher se matou. Os dois morreram no local e a polícia foi acionada para tomar as medidas de praxe. Suelma, segundo informações, completaria 33 anos na sexta-feira, 10. O caso será investigado pelo 10º DP de Osasco.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Receba nossas noticias!