Traído pela mulher homem contrata pistoleiro para matar o amante dela - Colatina News

Recentes

22/01/2020

Traído pela mulher homem contrata pistoleiro para matar o amante dela

A Delegacia de Polícia de Taguatinga investigará o caso

Por não suportar o peso do espalhafatoso ornamento bovino na cabeça, um homem de 49 anos, que em decorrência da nova Lei de Proteção a Bandidos seu nome não será divulgado, contratou por R$ 10 mil um pistoleiro de aluguel para matar o amante de sua esposa, mas acabou se dando mal.

Segundo informações da polícia, o crime aconteceu na quarta-feira, 15, em Taguatinga, no Distrito Federal, depois que o marido, que havia feito vasectomia e não disse para a mulher, foi surpreendido com a notícia de que seria papai. Inconformado, ele contou a verdade para a mulher, que o abandonou.

Revoltada pelo marido não ter contado a verdade, a mulher o abandonou e foi morar com o pai do bebê, razão pela qual o marido traído resolveu encomendar a morte do rival. Para tanto contratou um pistoleiro de aluguel, ao qual pagou adiantado para que o serviço fosse realizado sem falhas e sem pistas.

As coisas não saíram como o planejado e o pistoleiro, que foi auxiliado por outro indivíduo, atirou três vezes contra a vítima, e só acertou um dos disparos, assim mesmo no ombro. Ao acionar a polícia, a vítima disse não conhecer os bandidos, mas apontou o marido de sua atual companheira como possível mandante.

Mais um caso de traição

O marido desaparecido foi encontrado na praia numa boa
Ao ser detido, o homem confessou o crime e disse que havia contratado o pistoleiro, porque sua mulher havia o traído e inclusive ficado grávida de outro. Pressionado, o mandante entregou a identidade do pistoleiro, que também foi preso juntamente com seu auxiliar. O caso está a cargo do DPJ da cidade.

Outro caso de traição conjugal foi registrado na Zona Sul de São Paulo, onde uma professora de 35 anos, imaginando que seu marido desaparecido desde 07 de janeiro estava morto, contratou um detetive particular para descobrir o que havia acontecido com ele e se havia possibilidade de resgatar seu corpo.

Ela chegou a anunciar nas redes sociais que pagaria recompensa de R$ 2 mil a quem lhe desse notícias do marido, mas não obteve nenhum resultado. Em vista disso contratou o detetive, que rapidamente entrou e ação e localizou o maridão numa boa, em uma praia paradisíaca de São Vicente, no Litoral de São Paulo.

Levando a vida que pediu a Deus, o maridão desaparecido estava acompanhado de duas mulheres e gastando com bebidas e petiscos. Segundo informações, ele tinha enviado notícias para a mulher dizendo que estava chegando, mas desapareceu sem dar notícias e o caso estava sendo investigado pela polícia.

Para localizar o maridão desaparecido, o detetive se valeu de informações de radares que indicaram que ele tinha seguido para o litoral, além de contar com a ajuda de um policial. O desaparecido estava morando com a professora há sete anos. O caso foi encaminhado ao 62º Distrito Policial de Emelino Matarazzo.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Receba nossas noticias!