Ativista lança pré-candidatura a vereador e promete combate à corrupção - Colatina News

Recentes

16/03/2020

Ativista lança pré-candidatura a vereador e promete combate à corrupção

Ativista Jonas Soprani decide entrar pra política
O ativista Jonas da Silva Soprani (PSB) decidiu entrar para a política e lança sua pré-candidatura ao cargo de vereador por Linhares/ES. Ele, que é presidente da ONG Grupo de Apoio aos Direitos Humanos e mantém uma acirrada luta contra a corrupção, acabou colecionando alguns inimigos e sofre perseguições, principalmente de órgãos públicos. 

Recentemente o ativista Jonas Soprani chegou a ser preso injustamente no momento que estava defendendo o direito de uma paciente no HGL (Hospital Geral de Linhares) e acabou tendo uma discussão com o médico que estava no plantão. A polícia foi acionada e ao chegar ao hospital não deram a devida atenção ao relato do ativista e o detiveram. 

Para prender o ativista, os policiais o acusaram de ter desacatado autoridade, delito inventado por ocasião da ditadura militar e que recentemente deixou de existir por decisão do STJ (Superior Tribunal de Justiça). Na Delegacia de Polícia Jonas, após ser ouvido pelo delegado, foi conduzido ao xadrez, de onde saiu com o pagamento de fiança. 

Em entrevista ao Colatina News, o ativista Jonas Soprani afirmou que não tinha intenção de participar da política como candidato, mas em decorrência das arbitrariedades sofridas no desempenho de sua função, decidiu colocar seu nome a apreciação da população linharense. Caso eleito, ele promete intensificar ainda mais sua luta contra os corruptos. 

Guerino Zanon já sentiu a força do ativista
Lanço minha pré-candidatura ao cargo de vereador e, caso eleito, terei condições de melhor desempenhar minha função em prol do povo e no combate à corrupção e aos políticos corruptos”, enfatiza o ativista. Sempre ao lado principalmente da população mais humilde, Jonas enfrenta sem temor quem quer que seja em busca por justiça. 

Recentemente ele liderou uma manifestação em São Gabriel da Palha a convite do povo daquela cidade, que culminou com o afastamento de dois vereadores acusados de envolvimento com corrupção. Durante uma aglomeração na porta do fórum local, o juiz se sentindo pressionado pelo clamor do povo, deferiu uma liminar afastando dos políticos. 

Em Linhares Jonas Soprani é uma pedra no sapato do prefeito Guerino Zanon, ao qual acusa de omissão no atendimento às reivindicações do povo, bem como por gastos desnecessários inclusive com festas, e práticas de várias irregularidades, dentre as quais realização de obras sem a devida divulgação de seu valor, o que é vedado por lei. 

Jamais pensei em participar da política como candidato, mas sinto que minha hora chegou. Com um mandato acredito terei mais condições de lutar e combater as injustiças contra a população linharense, que não tem a devida atenção desta administração seletiva aplicada no Município por parte do atual prefeito”, enfatizou o ativista. 

Temido pela classe política, o ativista Jonas Soprani se transformou no maior pesadelo daqueles que administram ou praticam atos ilícitos, principalmente prefeitos e vereadores que agem de forma ilegal. “O meu mandato será usado em favor do povo linharense. Não farei como a maioria, que ao se eleger virar as costas para o eleitorado”, finaliza Jonas. 
  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Receba nossas noticias!