População comemora a ação da polícia contra motoqueiros barulhentos - Colatina News

Recentes

21/04/2020

População comemora a ação da polícia contra motoqueiros barulhentos

Motos barulhentas na mira da polícia (Foto ilustrativa)

Depois de mais de dois anos de reclamação por parte da sociedade, o 11º BPM (Batalhão de Polícia Militar) decidiu tomar providências em relação aos motoqueiros barulhentos, que aporrinham a vida da população com suas motos irregulares em Barra de São Francisco, no Noroeste do Espírito Santo.

Desde domingo, 19, policiais estão atuando com rigor nas abordagens a motocicletas com dispositivo de escapamento irregular, o popular Kadron, que provocam poluição sonora e perturbam a paz e a tranquilidade das pessoas, principalmente idosos em suas residências, nas ruas e até mesmo no trabalho.

Alguns motoqueiros reclamam da atuação policial, afirmando que desconhecem a lei. Afirmam, ainda, que a polícia deveria primeiro fazer uma advertência para depois multar. Contudo, um policial ouvido pelo Colatina News lembrou que o motoqueiro também é obrigado a conhecer o CTB.

Os motoqueiros que praticam esse tipo de irregularidade conseguiram conquistar o ódio das pessoas, que se pudessem abateriam a balas o motoqueiro barulhento. “Os motoboys são os piores, os mais irresponsáveis. A polícia precisa punir com rigor esses malditos motoqueiros”, disse um cidadão.

Delinquentes adulteram a descarga para incomodar as pessoas
A indignação da população em relação aos motoqueiros que usam motos barulhentas é geral. “Hoje em dia motoqueiros formam a classe mais odiada. Não são poucas as pessoas que ao passar uma moto barulhenta, inconscientemente deseja que ela se exploda”, opina João Batista Gouveia.

“Ninguém aguentava mais essa afronta por parte desses malditos motoqueiros, que não respeitam ninguém, muito menos a lei. Cheguei a pensar que a polícia estava com medo deles, pois nunca tomava providências. Finalmente esses malfeitores terão o que merecem”, disse o pintor José Carlos Nepomuceno.

A informação de que a partir de agora a polícia agirá com rigor contra os motoqueiros barulhentos foi muito bem recebida por todos, que esperam o fim da algazarra insuportável de motoqueiros irresponsáveis, “Parabéns à polícia e que esses motoqueiros sejam punidos e presos”, comenta José Carlos.

“Tenho uma criança de três anos e meu pai é idoso. Quando um motoqueiro passa com aquele barulho desnecessário, minha filha fica inquieta e meu pai começa a passar mal. O barulho provocado por eles é insuportável. Parece que eles não têm pai, nem mãe e muito menos avô”, desabafa Sônia de Almeida.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Receba nossas noticias!