Prefeito poderá ser afastado por 90 dias se Câmara aprovar Comissão Processante - Colatina News

Recentes

13/06/2020

Prefeito poderá ser afastado por 90 dias se Câmara aprovar Comissão Processante

Francisco de Assis, autor do pedido

Caiu como uma bomba o pedido de instalação de uma Comissão Processante feito pelo vereador Francisco de Assis Campi (MDB) em desfavor do prefeito Felismino Ardizzon (PSB), de Rio Bananal, no Norte do Espírito Santo, para apurar o uso irregular do Fiat Toro, placa PPH 0665, pertencente ao Município.

O pedido será apreciado pelos vereadores ribanenses na próxima sessão da Câmara Municipal, que acontecerá na segunda-feira, 15 e, caso seja aprovado, Felismino poderá ser afastado por até 90 dias para que os componentes da comissão possam realizar os levantamentos sem o perigo de sua intervenção.

A decisão de propor a abertura de uma Comissão Processante contra o prefeito surgiu depois de o vereador requerer informações sobre o uso do veículo, e Felismino responder afirmando que o carro pertencia ao Fundo Municipal de Saúde e servia para atender viagens para reuniões e treinamentos diversos.

Com relação às informações solicitadas pelo vereador sobre o pagamento de diárias ao motorista responsável pelo veículo, Felismino do PSB se limitou a informar que por atender demandas diversas, o veículo oficial não possuía motorista exclusivo, não existindo pasta e nem relação de diárias pagas.

A picape Toro em questão, segundo apurado já percorreu mais de 120 mil quilômetros. Pessoas ligadas a administração afirmaram que para o Município percorrer essa distância teria que fazer viagens para fora da cidade praticamente todos os dias e ainda seria insuficiente para conseguir quilometragem tão alta.

Felismino é acusado de uso irregular de veículo oficial
O uso irregular do veículo foi considerado grave pelo vereador, que espera a aprovação do pedido pelos seus colegas do Legislativo Municipal, para que a Comissão Processante seja instalada o mais rápido possível, e tenha início a apuração do uso indiscriminado do veículo e em que circunstância foi usado.

Com a divulgação da possibilidade de Felismino ser afastado caso a Comissão Processante seja aprovada, os internautas deram total apoio à iniciativa, destacando que a administração arcaica do prefeito ribanense é um desastre sem tamanho, que fez a cidade atrasar anos luz em seu desenvolvimento.

Uma das poucas defesas do prefeito veio de Eduardo Faé. “Esse vereador não tem outra coisa para fazer? Se o carro é da prefeitura ou da Câmara, o que importa é que está servindo para alguma coisa. Esse tal vereador diz ser o certinho, mas não faz nada pra ninguém, e menos ainda para o Município”.

O entendimento equivocado de Dudu Faé sobre uso de bem público também foi criticado. Houve quem afirmasse que ele estava defendendo o prefeito, porque sua irmã, Juçara Faé, é servidora pública e acumula função, atuando como responsável pelo abrigo e como secretária Municipal de Assistência Social.

Um dos críticos do prefeito Felismino do PSB disse esperar que a população apoie o vereador nessa missão de proteger o patrimônio público contra “o cupim político que administra a cidade”, e acabar com a festa que, segundo ele, vem sendo feita impunemente, com os recursos públicos de Rio Bananal.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Receba nossas noticias!