Bandidos são flagrados fazendo desmatamento de Mata Atlântica em Peçanha - Colatina News

Recentes

26/08/2020

Bandidos são flagrados fazendo desmatamento de Mata Atlântica em Peçanha

Foram quase dois hectares de desmatamento...

O desmatamento ilegal de Mata Atlântica em Peçanha, no Leste de Minas Gerais, culminou com a prisão de um homem no sábado, 22, cujo nome estranhamente não foi divulgado pela polícia. A prisão do indivíduo foi feita pela Polícia Militar de Meio Ambiente, acionada por moradores da localidade.

De acordo com os policiais ambientais, foram quase dois hectares de vegetação destruídos e só não foi maior o estrago, porque moradores da região denunciaram a ação criminosa, pois a mata é responsável pela recarga d’água de um dos mananciais utilizado para o abastecimento de água da cidade.

Para a destruição do meio ambiente foi utilizado um trator esteira, que foi apreendido pela polícia e o seu condutor preso em flagrante. O proprietário do terreno, que a polícia sabe o nome, mas preferiu não divulgar sabe-se lá porque, não foi encontrado, mas responderá pelo grave crime ambiental.

...usando este tratou de esteira que foi apreendido
Todos os envolvidos, que também tiveram seus nomes mantidos em segredo pela polícia, foram autuados, inclusive o proprietário da empresa que alugou o maquinário para a realização do desmatamento de vegetação remanescente de Mata Atlântica, que é crime passível de detenção de até três anos e multa.

“É por isso que esse tipo de crime aumenta cada vez mais no nosso país. Os caras são presos e a polícia fica os protegendo e não divulga seus nomes. Se fossem pessoas pobres que cometem crimes de menor potencial ofensivo, seus nomes seriam divulgados com estardalhaço”, disse José Carlos Martins.

“Essa polícia é uma vergonha e trabalha em prol dos poderosos. Nós da sociedade temos o direito de saber quem são esses delinquentes. Não cabe à polícia proteger bandidos. Aliás, a polícia é paga com nosso dinheiro para proteger a sociedade e não bandidos, escondendo seus nomes”, finaliza.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Receba nossas noticias!