Prefeito de Colatina não paga salários aos cuidadores de idosos há mais de dois meses - Colatina News

Recentes

03/08/2020

Prefeito de Colatina não paga salários aos cuidadores de idosos há mais de dois meses

Pousada onde os cuidadores atuam em situação irregular

Os cuidadores da Pousada Casa Verde, em Colatina, no Noroeste do Espírito Santo, pedem socorro. Eles foram contratados pelo Município para acolher idosos com suspeita de Coronavírus, ou que já contraíram a doença, mas até hoje não assinaram contrato e estão com dois meses de salários atrasados.

O prefeito Sérgio Meneguelli até o momento nada fez para solucionar o problema e, enquanto isso, os cuidadores enfrentam condições precárias de trabalho, além de receberem apenas uma cesta básica para cada cuidador. Ao todo existem oito idosos, mas os cuidadores já chegaram a atender até 12.

Contratados verbalmente pelo Município por meio da Secretaria Municipal de Ação Social, os cuidadores atuam na Pousada Casa Verde, que fica localizada na Rua Pedro Epichim, anexo ao Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Colatina, e estão indignados com a situação de penúria em que se encontram.

REnan Bragatto levou o problema ao plenário da Câmara
Recentemente os cuidadores foram informados que estão trabalhando com contratos emergenciais, Contudo, não existe nenhum contrato escrito por parte do Município, o que expõe os cuidadores à informalidade. Inclusive, os cuidadores foram informados verbalmente que receberiam um salário mínimo.

Não ficou claro a jornada de trabalho e nem o número de idosos a serem atendidos. Além de atenderem os idosos, os cuidadores fazem também a limpeza, configurando dupla função. As condições sanitárias são péssimas e a falta de materiais de limpeza potencializa a propagação do Coronavírus.

Um cuidador não identificado por motivos óbvios, disse que a máscara do prefeito Sérgio Meneguelli cai a cada ação dele. “Esse prefeito tenta enganar o povo com a imagem de bom moço, mas não passa de uma pessoa insensível e irresponsável. E isso ficou comprovado pela sua atuação durante a pandemia”.

A vereadora Audreya ficou sensibilizada com a situação
Sensibilizado com a situação humilhante que se encontram os cuidadores de idosos, o vereador Renan Bragatto protocolou Representação junto ao Ministério Público estadual por violação de direito fundamental previsto no Estatuto dos Idosos, e pediu providências contra o prefeito Sérgio Meneguelli.

O vereador, que esteve no local para ver de perto a situação precária dos cuidadores, disse que os cargos foram aprovados pela Câmara Municipal em junho, quando também foram aprovados cerca de R$ 25 milhões para o Município, e só para a Assistência Social foram liberados mais de R$ 1 milhão.

                                           


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Receba nossas noticias!