Novo na política ativista promete revolucionar em Linhares caso seja eleito vereador - Colatina News

Recentes

16/09/2020

Novo na política ativista promete revolucionar em Linhares caso seja eleito vereador

Mesmo sem mandato Jonas sempre luta pelo povo

O ativista Jonas da Silva Soprani, presidente da Ong GADH (Grupo de Apoio aos Direitos Humanos), é a novidade este ano na política de Linhares, no Norte do Espírito Santo. Ele, que sempre foi combatente, fiscalizando políticos que agem contra o povo, é pré-candidato a vereador e espera conseguir se eleger.

Jonas Soprani teve atuação importante nas prisões de vereadores corruptos de São Gabriel da Palha, lutou pela redução dos salários de vereadores em Linhares, denunciou irregularidades da administração de Rio Bananal e é fiscalizador ferrenho da administração do prefeito Guerino Zanon, de Linhares.

Uma de suas lutas é contra o péssimo atendimento proporcionado à população linharense pelo HGL (Hospital Geral de Linhares), que é administrado pelo Município. A falta de respeito ao cidadão por parte da diretoria do hospital já rendeu a Jonas Soprani alguns processos e detenções por defender o povo.

Ativista promete lutar pelos menos favorecidos

Como ativista dos direitos humanos, Jonas Soprani se transformou no maior pesadelo de políticos corruptos. Por diversas ocasiões, sua presença foi solicitada em manifestações, inclusive na manifestação de professores de Rio Bananal, e do povo gabrielense contra vereadores condenados por corrupção.

“Decidi lançar meu nome para, caso seja eleito, tentar fazer um trabalho diferenciado em favor do povo. Caso seja eleito, jamais me colocarei ao lado do Executivo, aceitando cegamente tudo que enviam para a Câmara. Meu compromisso será com o povo ao qual representarei caso eleito”, disse Jonas.

Ele acrescenta que, caso eleito, lutará pela redução dos salários de vereadores e pela valorização das classes menos favorecidas, como garis, auxiliares de serviços gerais e professores. “A missão de um vereador é representar o povo, procurando criar leis capazes de amenizar a desigualdade”, finaliza o ativista.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Receba nossas noticias!