Prefeito de Linhares não cumpre determinação judicial e ativista pede sua prisão - Colatina News

Recentes

04/09/2020

Prefeito de Linhares não cumpre determinação judicial e ativista pede sua prisão

Guerino Zanon desobedece decisão judicial...

O prefeito Guerino Zanon, de Linhares, no Norte do Espírito Santo, em desobediência a uma determinação judicial, até o momento não forneceu os medicamentos à Claudete Leite Rigo, conforme determinado pelo juiz Antônio de Oliveira Rosa Pepino, decisão confirmada por unanimidade pelo TJES.

Claudete, por meio de seu advogado, ajuizou ação contra o Município de Linhares e Estado do Espírito Santo, pleiteando o fornecimento de medicamentos prescritos por médicos e que ela não tinha condições de comprar. Diante da procedência do pedido o Município recorreu ao TJES.

Confirmada por unanimidade a sentença do juiz de Linhares, o prefeito Guerino Zanon, numa demonstração de insensibilidade, não forneceu os medicamentos em total desrespeito à ordem judicial. Essa atitude do prefeito, segundo o ativista Jonas da Silva Soprani, só prova que ele age como se fosse intocável.

“Esse prefeito é uma vergonha para Linhares. Ele não respeita a dor de uma pessoa que necessita de um medicamento para sobreviver e não respeita a justiça, agindo como se estivesse acima da lei. Esse tipo de comportamento ditatorial tem que ser punido exemplarmente pelo judiciário”, disse o ativista.

...e o ativista Jonas Soprani pede a sua prisão
De acordo com a decisão do juiz confirmada pelo Tribunal de Justiça, o Município tem que fornecer os medicamentos indicados pelo médico enquanto perdurar a necessidade atestada pelo profissional competente semestralmente ou trimestralmente, autorizando, inclusive, que o medicamento seja genérico.

Para o ativista Jonas Soprani, a desobediência de Guerino Zanon à ordem judicial é uma demonstração de que ele não tem nenhuma preocupação com a saúde de um ser humano, e que se julga acima da lei. “A justiça precisa dar uma resposta à altura a esse ditador de meia pataca, mandando-o pra cadeia”.

De acordo com Jonas Soprani, os desmandos de Guerino Zanon em Linhares são públicos e notórios. “Ele age como se fosse o dono da verdade. Ele age como se fosse o dono do Município, não respeita ninguém e peita o judiciário sem que nada lhe ocorra. Esse indivíduo tinha que ser preso pelos seus atos”.

O fornecimento dos medicamentos à paciente Claudete Leite Rigo foi determinado pelo juiz em primeira instância, mas o prefeito Guerino, numa demonstração de desrespeito à vida da cidadã, recorreu e a sentença foi confirmada por unanimidade. Veja processo nº 0003872-07.2018.8.08.0030.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Receba nossas noticias!