Se deu mal. Capitão Assumção pode ter mandato cassado por quebra de decoro - Colatina News

Recentes

16/09/2020

Se deu mal. Capitão Assumção pode ter mandato cassado por quebra de decoro

Deputado Assumção pode perder o mandato

O deputado estadual Capitão Assumção (Patri) pode estar com os dias contados na Assembleia Legislativa. É que o advogado André Moreira (Psol) entrou com um pedido de cassação de seu mandato por quebra de decoro parlamentar ao participar de vídeo de ameaças divulgado nas redes sociais.

No vídeo o capitão, que segundo reclamações nos últimos tempos vem protagonizando uma série de arruaças, transformando a Assembleia Legislativa num circo dos horrores, ameaça “sepultar” comunistas e socialistas no Espírito Santo. A ameaça feita publicamente despertou a atenção do advogado.

Além do pedido de cassação do deputado, André Moreira protocolou representações na Corregedoria da Assembleia Legislativa e representação criminal por prática de ameaça no Ministério Público, extensivo aos demais integrantes do vídeo, que se declararam “leões do Bolsonaro” e são policiais.

Na representação o advogado, que se define como defensor dos valores socialistas e humanistas, destaca que a atuação dos policiais que se dizem “leões de Bolsonaro” é agravada por usarem armas, o que pode se configurar como “associação criminosa armada” e “constituição de milícia privada”.

André vê ameaça em vídeo protagonizado por Assumção
Em um trecho do referido vídeo, um indivíduo que se diz militante do PTB, enfatiza em tom ameaçador que “vão sepultar os comunistas e os socialistas do Estado do Espírito Santo”, junto com o Capitão Assumção, que segundo ele “não é mais uma referência só no Estado, mas uma referência no Brasil”.

Vale destacar que o presidente nacional do PTB é Roberto Jefferson, considerado o maior corrupto de todos os tempos, que inclusive foi preso por corrupção, e recentemente fez o mesmo tipo de ameaças. O advogado lembra também que o deputado já prometeu até pagar pela morte de um criminoso.

Em relação a essa bravata do capitão deputado, André Moreira o acusa de quebra de decoro parlamentar por incitação ao crime de homicídio, acrescida pelo “delito de calúnia”. Recentemente o advogado obteve resultado positivo na justiça, ao conseguir que fosse retirado o outdoor que enaltecia o presidente.

Segundo o advogado, por se tratarem de homens que têm porte de arma de fogo, “não há como interpretar a fala contida no vídeo em questão sem ser em seu sentido literal, mas como clara ameaça de morte aos opositores políticos no Estado do Espírito Santo, ali considerados como comunistas e socialistas”.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Receba nossas noticias!