Inconformado indivíduo mata o filho de quatro anos para se vingar da ex-companheira - Colatina News

Recentes

21/10/2020

Inconformado indivíduo mata o filho de quatro anos para se vingar da ex-companheira

Pedro Henrique tinha apenas quatro anos de idade

Um ato de crueldade registrado na segunda-feira, 19, chocou a população de Pojuca, na Região Metropolitana de Salvador/BA. O garoto Pedro Henrique Rodrigues, 04 anos, foi morto pelo próprio pai, que estava insatisfeito com o fim do relacionamento com a mãe do menino e o matou para se vingar dela.

 

A mãe do menino esteve na sede da 32ª CIPM (Companhia Independente de Polícia Militar) na manhã de terça-feira, ocasião em que relatou que havia recebido uma ligação do ex-companheiro no dia anterior, ameaçando matar o menino que, por ter a guarda compartilhada, estava em sua companhia.

 

Os policiais se deslocaram até a residência do indivíduo, cujo nome não foi divulgado por causa da interpretação ridícula dada à Lei de Abuso de Autoridade, onde sentiram cheiro forte de gás de cozinha e o indivíduo ameaçava explodir a casa, caso a polícia tentasse entrar na residência.

 

Pedro morre no hospital e o pai é preso em flagrante

 

Em virtude disso os policiais, após a contenção e o isolamento do perímetro, solicitaram apoio de outras guarnições, Corpo de Bombeiros, Samu (Serviço de Atendimento Médico de Urgência) e do Bope (Batalhão de Operações Policiais Especiais). Em seguida as negociações com o indivíduo tiveram início.

 

De um momento para outro o homem deixou de responder ao contato estabelecido pelo negociador, razão pela qual os policiais decidiram que era necessária a entrada imediata na residência, onde foram encontrados pai e filho desacordados. Socorridos ao Hospital de Pojuca, a criança não resistiu.

 

O criminoso foi autuado por homicídio e teve o flagrante convertido em prisão preventiva. Moradores da localidade estão revoltados com a covardia praticada pelo indivíduo. Ele teve de ser levado às pressas para a Delegacia de Polícia, para não ser justiçado pelos vizinhos da vítima, que era muito querida no local.

  


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Receba nossas noticias!