Médico denuncia que jovem terá de fazer transplante de fígado por usar Ivermectina - Colatina News

Recentes

google.com, pub-2151647549971277, DIRECT, f08c47fec0942fa0

10/02/2021

Médico denuncia que jovem terá de fazer transplante de fígado por usar Ivermectina

Ivermectina só tem eficácia contra piolhos e sarna

O médico pneumologista Frederico Fernandes, presidente da SPPT (Sociedade Paulista de Pneumologia e Tisiologia) denunciou pelas redes sociais o uso de Ivermectina, utilizada no tratamento de vários tipos de infestações por parasitas, entres os quais as causadas por piolhos e sarna, no tratamento contra o Coronavírus. 

 

Ele contou no sábado, 06, o caso de um paciente que desenvolveu hepatite medicamentosa depois de ser internado com Covid-19. “Trata-se de uma pessoa jovem, que manifestou sintomas leves da infecção e, depois de passar por uma semana recebendo Ivermectina, a uma dosagem de 18 miligramas por dia, teve piora”. 

 

Frederico Fernandes, que considera a prescrição de Ivermectina equivocada, afirmou que a hipótese entre a equipe médica que atende o caso é de que o problema esteja relacionado ao uso da Ivermectina. O paciente, de acordo com o médico, agora está em avaliação quanto à necessidade de se submeter a um transplante de fígado. 

 

Risco desnecessário 

 

O médico pneumologista postou que é muito triste ver uma pessoa jovem a ponto de precisar de transplante por usar uma medicação que não funciona em uma situação que não precisa de remédio algum. Pra tratar Coronavírus vem sendo usados também os medicamentos Cloroquina, vitaminas C e D, zinco, antibióticos e o vermífugo Anitta. 

  

Entre os médicos e autoridades de saúde é consenso que nenhum fármaco tem eficácia cientificamente comprovada no tratamento da Covid-19, mas uma parcela de profissionais de saúde receita tais remédios no enfrentamento inicial da doença, já que o CFM (Conselho Federal de Medicina) recomenda que cada médico faça a prescrição conforme suas convicções, e que a decisão seja tomada em acordo com o paciente. 

 

Maíra Fernandes Almeida Penna, hepatologista do Orizonti, Instituto Oncomed de Saúde e Longevidade, disse que “muitas drogas usadas em tratamentos médicos, incluindo ervas medicinais ou outras substâncias, podem provocar alterações no fígado”. A lesão hepática por medicamentos é uma complicação do uso de medicamentos, ervas e fitoterápicos, e se manifesta após o uso dos medicamentos.  

  

Aqui o acidente é fatal e não a vítima, bandido não é tratado como suspeito, distrito não é chamado de vila e a notícia é divulgada nua e crua, sem medo. Baixe o App e tenha as notícias na palma de sua mão. É só clicar aqui!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Receba nossas noticias!

Baixe nosso aplicativo!

Baixe nosso aplicativo!
Aqui o acidente é fatal e não a vítima, bandido não é tratado como suspeito, distrito não é chamado de vila e a notícia é divulgada nua e crua, sem medo. Baixe o App e tenha as notícias na palma de sua mão. Para baixar nosso aplicativo clic na imagem!