Policial Militar posta vídeo com arma na cintura dançando funk e sofre sindicância - Colatina News

Recentes

google.com, pub-2151647549971277, DIRECT, f08c47fec0942fa0

18/07/2021

Policial Militar posta vídeo com arma na cintura dançando funk e sofre sindicância

Depois da polêmica o vídeo foi retirado do ar

Pegou mal para uma policial militar que não terá o nome divulgado, aparecer em um vídeo dançando funk com uma arma na cintura. As imagens da policial, que pertence à Polícia Militar de Mato Grosso do Sul, foram retiradas de um perfil no TikTok, cujo nome é igual o dela, indicando que ela divulgou o vídeo.

 

Entretanto mesmo indicando que o nome do perfil é o dela, a policial se defendeu dizendo que o vídeo em que ela dança ao som de um funk foi gravado num momento de folga e foi divulgado sem o seu consentimento. A corporação informou que vai apurar se a policial está dizendo a verdade.

 

Uma sindicância foi instaurada para apurar o procedimento da policial e o vídeo, segundo o Comando da Polícia Militar, foi juntado aos autos do procedimento administrativo instaurado pela instituição. A atitude da policial dividiu a opinião, mas a maioria se posicionou contra sua “atitude impensada”.

 

“Não dá para confiar que uma policial que age assim vá proteger a população de bandidos. Ela está agindo igual aos criminosos que deveria combater. E o que é pior, dançando funk, exibindo arma de fogo e fazendo apologia as criminalidades”, comentou a comerciante popular Marineuza dos Anjos Silva.

 

O autônomo José Maria Cordeiro tem opinião diferente. Para ele a policial tem mais é que aproveitar sua juventude. “Ela é jovem, bonita e gostosa e tem que aproveitar enquanto ainda é jovem. Depois o tempo passa e aí já sabe, né? Além disso, ela estava no seu dia de folga. Não vejo nada de errado”, disse ele.

 

Siga-nos no Instagram: @colatinanews, e no Facebook: @sitecolatinanews!

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Baixe nosso aplicativo!

Baixe nosso aplicativo!
Aqui o acidente é fatal e não a vítima, bandido não é tratado como suspeito, distrito não é chamado de vila e a notícia é divulgada nua e crua, sem medo. Baixe o App e tenha as notícias na palma de sua mão. Para baixar nosso aplicativo clic na imagem!