Cabo da Polícia Militar mata a tiros a esposa dentro de motel durante discussão acirrada - Colatina News

Recentes

google.com, pub-2151647549971277, DIRECT, f08c47fec0942fa0

16/03/2022

Cabo da Polícia Militar mata a tiros a esposa dentro de motel durante discussão acirrada

Luciene e Luciano em um momento de felicidade

Uma tragédia foi registrada dentro do Motel Number One, em Juiz de Fora, na Zona da Mata Mineira, na tarde de domingo, 13, quando o policial militar Luciano Rodrigues Dias, 39 anos, matou a tiros a esposa Luciene de Jesus, 34 anos, e depois se matou. Ele era cabo da Polícia Militar lotado no 66º BPM de Betim.

 

Segundo informações o casal iniciou uma discussão dentro da suíte do motel e os funcionários do estabelecimento acionaram a polícia, que ao chegar ao local tentou negociar com o cabo a sua rendição, mas ele não cedeu às tentativas de negociação e trancou a porta do quarto impedindo a entrada dos policiais.

 

Os policiais ouviram cerca de três disparos de arma de fogo e a porta que dá acesso à suíte foi arrombada por eles, que encontraram o casal desacordado. A mulher estava próxima à janela que dá acesso ao corredor do motel e o policial estava caído sobre a cama todo ensanguentado e ainda com a arma na mão.

 

Os motivos da discussão do casal são desconhecidos

O Corpo de Bombeiros esteve no local para socorrer as vítimas, mas já era muito tarde. As mortes foram confirmadas no local por uma médica do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e os corpos encaminhados ao IML (Instituto Médico Legal) para que as providências de praxe pudessem ser tomadas.

 

Uma testemunha que pediu para não ser identificada por motivos óbvios, disse que já passou da hora de policiais militares deixarem suas armas no serviço após o término da jornada. “Policial militar armado fora de serviço é um perigo. Basta ver o número de mortes provocadas por policiais armados à paisana”, disse.

 

Não há nenhuma informação sobre os motivos da discussão entre o casal que culminou em homicídio seguido de suicídio. A Polícia Militar lamentou as mortes em nota à imprensa e prestou condolências aos familiares, reforçando que deu “imediato atendimento” ao caso, realizando “todos os procedimentos de praxe”.

 

Siga-nos no Instagram: @colatinanews, e no Facebook: @sitecolatinanews!

 

 


Nenhum comentário:

Postar um comentário