Era só o que faltava. Paciente é morto por colega dentro de clínica de recuperação - Colatina News

Recentes

google.com, pub-2151647549971277, DIRECT, f08c47fec0942fa0

25/01/2023

Era só o que faltava. Paciente é morto por colega dentro de clínica de recuperação

Momento da prisão do assassino

A falta de segurança no Espírito Santo é tão grande, que nem em clínicas as pessoas estão livres de serem mortas. No sábado, 21, Washington Gomes Damiani, 29 anos, foi morto a facadas dentro de uma clínica terapêutica de Cariacica/ES. O autor do assassinato foi José Carlos Gomes de Souza, 49 anos.

 

Segundo a polícia Washington foi esfaqueado no pescoço e no peito e no momento do crime apenas uma cuidadora estava no local, mas não presenciou o crime. O assassino confessou a autoria do crime em depoimento na Delegacia de Polícia e depois encaminhado ao Sistema Prisional à disposição da justiça.

 

Clínica onde o crime foi praticado

Washington e José Carlos, de acordo com informações da polícia, não se davam bem e já tiveram várias discussões em outras ocasiões por motivos não informados. No sábado tiveram mais um arranca-rabo e Washington bateu em José Carlos, que para se vingar comprou uma faca e matou o colega de clínica.

 

A direção da Clínica Residência Terapêutica Masculina II, que tem convênio com a Sesa (Secretaria de Estado da Saúde), disse que tomou todas as providências necessárias e acionou as autoridades policiais. Por sua vez, a Sesa informou que os familiares da vítima estão recebendo assistência social e psicológica.

 


A Clínica Residência Terapêutica, conforme informou a Sesa, oferece residências que se constituem como equipamentos de habitação e de reconstrução de laços sociais e afetivos para os pacientes com o perfil adequado ao serviço, mas não se constituem em ambientes com vigilância profissional.

 

José Carlos foi indiciado por homicídio qualificado por impossibilidade de defesa da vítima, cujo corpo foi removido ao DML (Departamento Médico Legal) de Vitória e depois do exame cadavérico liberado aos familiares para sepultamento. O caso segue sendo investigado pela Polícia Civil, que já instaurou inquérito.

 




Ajude-nos se inscrevendo em nosso canal doYoutube!

Siga-nos no Instagram: @colatinanews2019, no Facebook: @sitecolatinanews!

  

Nenhum comentário:

Postar um comentário