Presidente da Câmara de Pancas é denunciado pelo MP por Improbidade Administrativa - Colatina News

Recentes

25/06/2020

Presidente da Câmara de Pancas é denunciado pelo MP por Improbidade Administrativa

Otiniel foi denunciado pelo Ministério Público

O presidente da Câmara Municipal de Pancas, no Noroeste do Espírito Santo, vereador Otiniel Oliveira (PDT), acaba de ser denunciado pelo Ministério Público por Improbidade Administrativa pelo uso indevido do veículo da Câmara Municipal em proveito próprio, com prejuízos para a municipalidade.

As acusações contra o vereador são pelo uso de veiculo oficial em benefício próprio, algumas delas em Colatina. Contudo, ao ser denunciado Otiniel tentou se safar afirmando que tinha mantido contato com o deputado Renzo Vasconcelos, mas acabou sendo desmentido pelo assessor do deputado.

A denúncia pelo uso indevido do veículo oficial em proveito próprio foi feita pelos vereadores José Lúcio Dutra (PRB), Rodrigo Entringer (PMN) e Valdeci Basto, o Nenego (PSB), que apresentaram provas do veículo oficial locado pela Câmara Municipal parado em frente a um supermercado de Colatina.

Ouvido pelo Ministério Público, Otiniel disse que compareceu ao supermercado colatinense para comprar álcool em gel, já que nos supermercados de Pancas não havia encontrado o produto. Em contato por telefone, supermercadistas panquenses disseram ao Colatina News que lá nunca faltou álcool em gel.

Carro oficial utilizado indevidamente por Otiniel
As irregularidades praticadas por Otiniel estavam sendo monitoradas pelo Ministério Público desde 2016, mas o vereador não deu a devida atenção aos fatos, até que no dia oito de abril último, utilizando o Voyage de cor branca locado pela Câmara Municipal, ele acabou se envolvendo num acidente.


As informações na ocasião foram de que Otiniel não estava em serviço do legislativo, haja vista que os trabalhos da Câmara estavam suspensos como medida de segurança por causa da pandemia do Coronavírus. Na época, a atitude irresponsável do vereador causou revolta na população panquense.

Na denúncia, o promotor lembrou que Otiniel fez proveito próprio do veículo e locupletou-se com o combustível gasto, já que possui veículo próprio. Destaca o promotor, que mesmo recomendado, Otiniel continuou usando veículo público, “numa tentativa tola de mostrar à população que ele é quem manda”.

A afirmação é do promotor Antônio Carlos Gomes da Silva Júnior, que acrescenta: “Enganou-se o requerido, pois nem é ele quem manda. Num estado democrático de direito quem manda é a lei e todos devem se submeter a ela”. O Colatina News tentou em vão manter contato com o vereador.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Receba nossas noticias!