Homem finge ser mulher nas redes sociais para extorquir vítimas e acaba no xilindró - Colatina News

Recentes

google.com, pub-2151647549971277, DIRECT, f08c47fec0942fa0

25/02/2021

Homem finge ser mulher nas redes sociais para extorquir vítimas e acaba no xilindró

Delegado Wagner Sales explica a forma de agir do estuprador

Um indivíduo de 28 anos, acusado de cometer crimes de estupro e extorsão em Belo Horizonte e Uberlândia/MG, cujo nome não foi divulgado pela polícia, foi preso em flagrante na quarta-feira, 24, no Bairro Caiçara, logo após cometer um dos atos. De acordo com a polícia, cerca de 10 vítimas já foram identificadas e o reconheceram. 

 

O modo de agir do indivíduo, segundo o delegado Wagner Sales, era o mesmo. Ele criava um perfil feminino falso nas redes sociais com o nome Fernanda, se aproximava das vítimas e começava a conversa. Ato contínuo, pedia número de celular e a interação migrava para o WhatsApp, onde conseguia dominar e convencer a pessoa. 

 

Já com a situação sob controle, o indivíduo marcava encontro com as vítimas, que iam ao local imaginando encontrar a Fernanda e o encontrava. Ele se apresentava como irmão da mulher das redes sociais e dizia que ela era menor de idade. Então ele exigia das vítimas o pagamento de uma quantia para não serem denunciadas à polícia. 

 

As vítimas cediam à extorsão, realizando pagamentos em dinheiro ou transferência bancária. Como se não bastasse, o indivíduo ainda forçava as vítimas a manterem atividades sexuais com ele, segundo informações do delegado Wagner Sales. Ao ser preso o indivíduo tinha acabado de obrigar uma vítima à prática sexual em um carro. 

 

A Delegacia de Crimes Cibernéticos também participa das investigações, haja vista que os crimes praticados pelo estuprador, envolve elementos do mundo digital. Em uma das buscas realizadas na cidade de Uberlândia, onde o criminoso reside, foi localizado um pen-drive, que a Polícia Civil acredita ter dados de mais de 100 vítimas. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Receba nossas noticias!

Baixe nosso aplicativo!

Baixe nosso aplicativo!
Aqui o acidente é fatal e não a vítima, bandido não é tratado como suspeito, distrito não é chamado de vila e a notícia é divulgada nua e crua, sem medo. Baixe o App e tenha as notícias na palma de sua mão. Para baixar nosso aplicativo clic na imagem!