Distração fatal. Homem é morto a tiros enquanto estava concentrado no celular - Colatina News

Recentes

google.com, pub-2151647549971277, DIRECT, f08c47fec0942fa0

02/03/2021

Distração fatal. Homem é morto a tiros enquanto estava concentrado no celular

A polícia esteve no local do crime e registrou a ocorrência

A distração com um celular acabou custando a vida do cidadão Álvaro Silva Meireles, morto a tiros na noite de quinta-feira, 25, em Nanuque/MG, na divisa com o Espírito Santo. Outro homem que estava próximo a Álvaro também foi atingido pelos disparos, mas foi socorrido ao hospital e por sorte não morreu.

 

A polícia informou que Álvaro estava com amigos na porta de uma casa no Bairro Nossa Senhora de Fátima, quando quatro indivíduos se aproximaram, dois de cada lado da rua, e fizeram vários disparos de arma de fogo em direção às pessoas. Álvaro foi atingido várias vezes. Ele não resistiu e morreu no local.

 

O outro homem, nome não divulgado, foi atingido na boca e no ombro esquerdo, mas foi socorrido ao hospital mais próximo e não morreu. A mulher de Álvaro disse que ele não tinha desavenças com ninguém e nem sofria nenhuma ameaça, razão pela qual ela não entende o motivo de sua morte.

 

Violência que preocupa a população

 

A mulher da vítima disse aos policiais que ela e o marido mudariam da cidade na semana seguinte, mas não disse para qual cidade eles mudariam. Segundo informações, alguém avisou da chegada dos criminosos, mas Álvaro não ouviu, porque estava distraído mexendo no celular, e usava um fone de ouvido.

 

Na casa onde o grupo estava na frente a polícia encontrou uma lista com nomes e valores, razão pela qual suspeita que o local era utilizado como ponto de tráfico de drogas. O corpo de Álvaro Silva foi encaminhado ao IML (Instituto Médico Legal) de Teófilo Otoni, onde depois de periciado, foi liberado à família.

 

Nanuque tem se destacado pela violência que tomou conta da cidade. No dia 22 de fevereiro o indivíduo conhecido como Caíque matou e esquartejou a tia idosa, Yolanda Ferraz, por motivos fúteis e foi preso em flagrante. No dia seguinte, Marcos Vinícius de Oliveira, 26 anos, foi executado dentro de casa com 12 tiros disparados por indivíduos encapuzados, ainda não identificados.

 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Receba nossas noticias!

Baixe nosso aplicativo!

Baixe nosso aplicativo!
Aqui o acidente é fatal e não a vítima, bandido não é tratado como suspeito, distrito não é chamado de vila e a notícia é divulgada nua e crua, sem medo. Baixe o App e tenha as notícias na palma de sua mão. Para baixar nosso aplicativo clic na imagem!