Possuída pelo demônio, mulher mata os dois filhos menores a facadas e tenta se matar - Colatina News

Recentes

google.com, pub-2151647549971277, DIRECT, f08c47fec0942fa0

12/01/2022

Possuída pelo demônio, mulher mata os dois filhos menores a facadas e tenta se matar

Stephany matou os dois filhos e depois tentou se matar

Duas crianças, uma de seis e outra de três anos, foram mortas a facadas pela mãe Stephany Ferreira Peixoto, 36 anos, que em seguida tentou se matar. O crime bárbaro foi praticado na segunda-feira, 10, e a mãe das crianças, foi encontrada na cama com os pulsos cortados e socorrida ao hospital da cidade.

 

O acontecimento trágico que abalou os moradores do bairro onde ocorreu, teve lugar no Parque Flexal, em Guapimirim/RJ. Os corpos das crianças Bruno Leonardo e Arthur Moisés foram recolhidos por uma equipe da Polícia Técnica e encaminhados ao IML (Instituto Médico Legal), onde foram necropsiados.

 

A polícia ainda não sabe a motivação para o crime, mas segundo informações após matar os filhos Stephany ligou para o marido de nome não divulgado, dizendo que iria se matar. Desesperado ele tentou chegar na residência ainda a tempo de impedir o pior, mas ao chegar a tragédia já havia se consumado.

 

Bruno Leonardo e Arthur Moisés foram cruelmente assassinados

Na casa os policiais apreenderam a faca utilizada para o crime e dois celulares. Segundo o delegado Antônio Silvino, da 67ª DP, o caso está em investigação e ainda não se sabe a motivação do crime. Ele disse, também, que a mulher será indiciada por duplo homicídio assim que tiver alta médica do hospital onde está.

 

Ainda segundo o delegado Antônio Silvino, Stephany deixou as bocas do fogão ligadas e colocou uma extensão ligada no quarto para provocar uma explosão. “A porta da sala estava aberta e o local estava totalmente ensanguentado e com um cheiro forte de gás de cozinha pela casa”, disse o delegado da 67ª DP.

 

Na polícia, o marido de Stephani disse que ela era boa mãe e não entende o que possa ter acontecido. Ele negou que ela tenha problema mental e que fizesse uso de medicamentos controlados. Na terça-feira, 11, ela teve alta e foi levada para o Complexo de Gericinó, em Bangu. Houve confusão na saída do hospital.

 

Siga-nos no Instagram: @colatinanews, e no Facebook: @sitecolatinanews! 

 


Nenhum comentário:

Postar um comentário