Mulheres descontroladas armam o maior quiproquó em boteco copo sujo de rodoviária - Colatina News

Recentes

google.com, pub-2151647549971277, DIRECT, f08c47fec0942fa0

18/12/2020

Mulheres descontroladas armam o maior quiproquó em boteco copo sujo de rodoviária

Show de pancadarias entre mulheres à luz do dia

O pau comeu solto na manhã desta sexta-feira, 18, no Bar da Rodoviária, ao lado do Posto da Viação Águia Branca, em Linhares, no Norte do Espírito Santo. Três mulheres espancaram sem dó nem piedade uma quarta mulher, que apesar de tentar se defender, não obteve sucesso e acabou levando chutes e várias porradas. 

 

As pessoas que estavam no bar assistiam a tudo passivamente sem tomar nenhuma atitude no sentido de conter o espancamento. Um indivíduo que tomava cerveja em uma mesa, a tudo assistia como se nada estivesse acontecendo, e o dono do bar sequer tentou evitar a violência que ocorria em seu estabelecimento. 

 

Segundo informações de José Carlos dos Reis, o Mino, aquele tipo de acontecimento é corriqueiro no bar, onde se junta o que há de pior no submundo da bebida e da droga ilícita. “Esse tipo de enfrentamento é comum nesse boteco. Esse boteco é uma vergonha e uma afronta aos linharenses e ninguém faz nada”, disse. 

 

A dona de casa Marineusa se disse constrangida com esses acontecimentos. “Minha filha trabalha próximo daqui e esse é o local por onde a gente tem que passar para ir pra casa. E é sempre essa baixaria. Quando não são mulheres vadias brigando, são moleques usando drogas e mexendo com a gente”, enfatiza. 

 

Ninguém fez nada para impedir o quebra pau no boteco

“Nossa cidade está jogada às traças, sem prefeito, administração péssima e a Assistência Social já deveria ter tomado providências no sentido de acabar com essa pouca vergonha, mas nada é feito. Nosso prefeito é ficha suja e perseguidor, mas mesmo assim conseguiu ser candidato e se reeleger”, reclama Maria Lúcia. 

 

Para Jonas José de Souza, o Joninha do Cerol, a culpa não é só da administração pública, apesar de reconhecer ser a principal culpada. “A culpa também é da Polícia Militar, que faz vistas grossas para essa bandalheira. Em plena luz do dia essas mulheres brigando e não aparece um policial sequer para conter a confusão”. 

 

“Se essa cidade tivesse prefeito e as autoridades policiais fossem responsáveis, esse boteco copo sujo já teria sido fechado faz tempo e os responsáveis por essa baderna recolhidos ao xilindró”, acrescenta Joninha do Cerol, destacando que o prefeito Guerino Zanon já deveria ter tomado providências pra fechar o boteco. 

 

A equipe do Colatina News tentou em vão manter contato com os responsáveis pela Assistência Social do Município, bem como com o gabinete do prefeito. A situação na localidade é insuportável e tanto moradores quanto comerciantes que funcionam nas proximidades cobram uma solução imediata para o problema social. 




 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Receba nossas noticias!